31 de agosto de 2013


Defesas importantes de Andrey = $$$
Atuação de Rai = $$$$
O ar rarefeito de Goianinha = $$$$$
Nazarenão lotado, assistir o jogo em pé, botar pressão no juiz e no adversário em mais uma vitória do Mecão = NÃO TEM PREÇO!

Venceu, né?

Com um gol de TA, é? E Pintado? Pintou o sete, foi? Com o ar rarefeito das altitudes de Goianinha, ninguém segura o Dragão, né?  Mecão 2X1. Agora tudo mudou, viu?  Vai um mamão Avaí aí, vai?

Dicas de saúde para hoje

O mamão Avaí é laxativo, diurético e rico em vitamina ABCD, mas cuidado! Se comido com frango pode ser indigesto, né mestre Alien? Às vezes faz faltar o fôlego, já diria o dotô... O remédio? Uma boa caldeirada e, já que o caldeirão voltou, vamos hoje a Goianinha! Lá o caldeirão do Nazarenão nos espera. Vamos atender ao chamado de Padang e aos anseios de nossa torcida. Vamos lotar o estádio, vamos vermelhar a BR-101 e reencontrar os caminhos da vitória, viu? 

Perdeu, foi?

Cheguei agora de um jantar com amigos, 01:59 horas, corri para os blogs para saber o resultado da partida do representante de preto. Embananou tudo! Pelos comentários pinçados lá de baixo parece que enfim a coisa engrenou, senão vejamos:

Marcos Lopes - O ABC fez um bom jogo, de um modo geral fez um bom primeiro tempo, com um bom comportamento tático. Na segunda etapa, a mesma pegada, o time de Roberto Fernandes bem postado. Gostei da estreia de Daniel Paulista e do zagueiro Rogélio. Mais uma vez, o ABC com bom desempenho – taticamente esteve bem postado.
Pedro Neto - Foi um bom primeiro tempo. Surpreendendo a todos o ABC jogou de igual para igual com o Avaí. Com Thiaguinho e Wanderley atuando bem pelo lado direito do campo o ABC chegou várias vezes ao gol do goleiro Diego. Já no segundo tempo o ABC começou melhor. 
O mito - Nós fizemos o Avaí jogar na defesa na Ressacada. Já começo a observar algumas coisas no tocante à reformulação. Ainda estamos fazendo novas contratações. Três novos jogadores deverão chegar nos próximos dias.

Vou dormir com o malefício da dúvida... Ser ou não ser? Inevitável perguntar... Perdeu, foi?

30 de agosto de 2013



FLOPS!

Pr'aqui, pr'alí, pr'acolá...

Não entendo de lei, não tenho tempo para pesquisar a fundo como meu querido amigo Fernando Amaral. Apenas, passado o primeiro impacto de mais uma tentativa de "melar a vida do Dragão", fico a perguntar se a vida aqui tem valor diferente da de lá; se a letra fria da lei daqui é mais quente acolá; se o STJD que decidiu interditar a Vila Belmiro por falta de condições de acesso da ambulância ao gramado tem um "pr'aqui", "pr'ali", "pr'acolá" diferente pra cada região; se o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, no seu artigo 211, interpreta a segurança para os atletas daqui menos necessária que a de lá. Sei não... Tenho tempo não, né?

ÀS LÁGRIMAS

 
O América ainda nem jogou em Goianinha e já querem a interdição do Nazarenão (em nome única e exclusivamente do Estatuto do Torcedor, diga-se). Imaginem agora se o time inventa de vencer o São Caetano no sábado? Temo que possa ser pedido o impeachment do coitado do prefeito da cidade. Na qualidade de torcedor, confesso que fiquei bastante emocionado com tanta preocupação com a minha integridade física, psíquica e mental.

28 de agosto de 2013

UOL ESPORTE - FUTEBOL


Zagueiro da Chapecoense justifica excesso de 'balões': "campo era ridículo"


Apesar da vitória de 1 a 0 sobre o América-RN, na última terça-feira, os jogadores da Chapecoense deixaram o estádio Barretão revoltados com o estado do gramado. O capitão e zagueiro Rafael Silva disse inclusive que o campo ruim obrigou a equipe catarinense a mudar o seu estilo de jogo e a adotar uma prática pouco utilizada pelos atletas: o famoso 'bicão'.
"Nossa equipe se portou bem dentro de campo como tinha de se portar. Infelizmente tivemos que jogar dando balões, porque o campo era impraticável, ridículo e foi dessa forma que a gente conseguiu jogar", disse o defensor em entrevista a Rádio Super Condá. "Mostramos aqui hoje porque somos vice-líderes da Série B", acrescentou Rafael Silva.

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-b/ultimas-noticias/2013/08/28/zagueiro-da-chapecoense-justifica-excesso-de-baloes-campo-era-ridiculo.htm


ENQUANTO ISSO, NA SALA DE JUSTIÇA...


ACERTOU, PADANG!

Sai Virgílio, entra Dante Alighieri

Depois da acertada troca de técnicos - faltou Fucks no time ontem - saio de fininho do Bucólicas de Virgílio para o Inferno de Dante, senão vejamos...
Por tais defeitos, e não por outros pecados, / somos perdidos da graça, tendo por castigo / que sem esperança vivamos no desejo.
Sai Fucks entra Pintado, sai Virgílio entra Dante Alighieri... Pro Inferno, né?

SABEM DO QUE MAIS SENTIMOS FALTA ONTEM?

Se Neymar, Fred e Messi chegarem para o América e não tiver quem dê um passe de qualidade para eles, esses craques não vão fazer gol NUNCA! Mas, por via das dúvidas, dá para mandar um monte dos nossos atacantes junto com o Fucks.

27 de agosto de 2013

QUEM SABE DÁ ATÉ PARA FAZER OS NOVE PONTOS NO JOGO DO SÁBADO, CONTRA O SÃO CAETANO. QUEM SABE...

Bucólicas de Virgílio

Cada um é atraído pelo próprio desejo, já dizia Virgílio em Bucólicas. Não sei se o poeta latino iria, mas meu desejo de vitória me atrai a Ceará-Mirim. Hoje ninguém me segura, não tem estrada, não tem distância, não tem má campanha que me impeça ir ao Barretão. Estarei lá. Eu, Baé, uns poucos e os dezoito (?) convocados pelo Fucks. Também não entendi esta quantificação, não vivo os bastidores do futebol, não frequento os intramuros, mas meu desejo de vitória e meu amor pelo Mecão estão acima do entendimento, da raiva passageira, da lógica... Bucólicas, né Virgílio?

O QUE SE LÊ POR AÍ

Que o/a Chapecoense é o vice-líder (praticamente o líder) do segundo maior campeonato de futebol do mundo. Que o América precisa vencer a qualquer custo. Que, pelo contrário, o time de Ponta Negra não tem tanta obrigação assim de vencer. Que tem motim a bordo, mas a culpa é de algum advogado malvado.
Interessante, muito interessante a forma como as coisas são colocadas.

26 de agosto de 2013

ESTOU AVISANDO

Caso o América não vença o/a Chapecoense amanhã, esta será a última vez que vou ao Barretão para ver jogo do América pela Série B em 2013. Não adianta insistir nem fazer promoção.

Projeto desespero

Mantendo a política de boa vizinhança entre os blogs, e tão somente por isso, repercuto mensagem extraterrena, captada pelo satélite geoestacionário P-1 Na C-SAT... 
ABC contrata um time inteiro Getúlio Vargas; Somália, Gilson, Rogélio e Rodolfo Testoni; Daniel Paulista, Michel Schmöller, Giovanni Augusto e Gilmar; Lima e Shwenck. Média de idade: 29,5 anos. O projeto também pode ser intitulado de Projeto Desespero.
Fonte extraterrestre, né?

Scarlett O'Hara

Embora chateado com a última derrota não sou pessimista. Apesar dos pesares, vi um primeiro tempo soberbo do América, um time "irreconhecível" para as poucas testemunhas que comigo estavam em campo, jogando pra frente, mordendo, criando... No intervalo estávamos todos com um sorriso até as orelhas, não é verdade? No segundo tempo, após uma falha de comunicação entre os dois melhores jogadores deste elenco - Andrei e Zé Antônio - o time desestabilizou-se, o técnico leu erradamente o jogo, colocou um apático em campo, o Avaí aproveitou e a torcida americana perdeu a paciência, haja vista os impropérios recebidos e censurados, a bem da moral e dos bons costumes, aqui no blog. Amanhã, como diria Scarlett O'Hara, será outro dia, venceremos o Chapecoense e iniciaremos a reação positiva desejada por todos. Se o vento não levar, né?

25 de agosto de 2013

As pegadas amedrontam

Esta expressão, extraída de um verso de Horácio, recomenda cautela e exame de qualquer pequeno indício, para prever e evitar perigos futuros. Examinemos pois estas pegadas, temos que evitar o rebaixamento. Peguemos carona na raposa da fábula de Esopo que recusou o convite à toca do leão ao ver que muitas pegadas iam à ela e nenhuma proveniente dela. Tenho a certeza que não aceitaremos o convite à Série C, somos raposas, temos um exército disposto à luta, basta reconhecer os erros, corrigir o rumo, reapontar a mira para quem de fato nos ameaça e seguir em frente... Fazer isto enquanto é tempo, pois as pegadas já nos amedrontam, viu?

PERGUNTAR NÃO OFENDE

- Onde estavam nossos velhos conhecidos Rogélio, Schwencke e Somália quando o América contratou as promessas Zezim, Pedrim e Chinfrim?

- O Chapecoense perdeu neste sábado sua segunda partida no campeonato, em dezesseis jogos disputados. Vai perder de novo pro América na próxima terça-feira? Na qualidade de grande otimista que sou, acredito piamente na segunda derrota consecutiva do vice-líder e vou lá só para conferir.

24 de agosto de 2013

UM ATAQUE CARDÍACO

Nosso ataque é uma piada de mal gosto. Dois jogos, dois gols contra. Seguidos. É, caro presidente, tem que ter muito forró, para continuar sem nenhum rebaixamento no currículo.

Por cima da queda, o coice

Falar nomes é indesejável, culpar o gramado é subestimar nossa inteligência, apontar e jogar às feras os responsáveis pela formação do "escrete" é colocar dedo numa ferida que não tenho intenção - embora me acusem - de abri-la. Hoje melhor calar. No máximo publicar a indignação do meu querido Luiz de França que desabafa nos comentários e eu peço licença para replicar...

INCOMPETÊNCIA - MALDIÇÃO - RISCO DE VIDA
Nunca acreditei em sorte ou azar, mas o que aconteceu ontem comigo e meus amigos parceiros de jogos (todos na faixa dos 50) me fez acreditar que além da incompetência do nossos jogadores, existe sim a MALDIÇÃO DO BARRETÃO. Na volta do jogo caímos num buraco na estrada e perdemos 2 pneus/rodas, ficamos na margem de uma estrada escura a mercê de bandidos, com a omissão da Polícia Rodoviária, e de um seguro bosta. No final fomos socorridos imaginem pelo ônibus do Avaí, que nos permitiu pelo menos seguir até o próximo posto. Depois disso tudo tivemos que deixar o carro estacionado num posto fechado, e seguirmos de taxi para nossas residências onde chegamos às três da manhã. Amamos o América, mas nossas vidas são mais importantes. Barretão nunca mais.

Por cima da queda, o coice, né?

FORA NEGÃO!


E QUEM MAIS INSISTE EM ACREDITAR QUE ELE FAZ ALGUMA COISA DE POSITIVO NO AMÉRICA. PACIÊNCIA TEM LIMITE. E BURRICE TAMBÉM. POR HOJE BOSTA!

23 de agosto de 2013

Enfim o marketing

Ontem, em avant première e petit comité, fizemos a apresentação e os últimos testes da espetacular campanha de marketing da Arena América. Quinta, 29/08, agora em definitivo, estaremos mostrando a conselheiros e adquirentes de cadeiras e camarotes o belo trabalho, à muitas mãos, capitaneado por Pedro Paulo, o marqueteiro da News Propaganda. O pontapé inicial já foi dado, agora é irreversível e só depende de nós. Quinta próxima lá na sede social da Rodrigues Alves estaremos, todos juntos por uma boa causa - a Arena América, né?

O que eles disseram

ALEX SANDRO DE MELO, presidente do América Futebol Clube. 
- Para a disputa da Série B 2013 estivemos sempre na busca de alternativas: negociamos e chegamos a fechar acordo por duas vezes com o nosso maior rival, o ABC Futebol Clube, para realizarmos nossos jogos no Estádio Frasqueirão. Numa delas, o acordo foi firmado na Governadoria, na presença e com o aval da Governadora do Estado, Rosalba Ciarline. Nas duas vezes o ABC rompeu o acordo.
RÚBENS GUILHERME DANTAS, presidente do ABC FC. 
- O ABC F.C. não fechou nenhum acordo com o América FC. para cessão do seu Estádio, Maria Lamas Farache (Frasqueirão), com a atual direção deste clube. Nem uma vez, tampouco, “por duas vezes”, como dito na missiva à CBF endereçada. Não somos responsáveis por resolver os problemas e agruras alheias.
EDMO SINEDINO, jornalista do portal nominuto.com. 
- É claro, todos, todos que fazem a imprensa do Rio Grande do Norte testemunharam sim esse acordo acertado diante da governadora e outras testesmunhas. O presidente Rubens Guilherme voltou atrás por conta de pressão de alguns vândalos travestidos de totcedores, e também por conta das imposições de alguns conselheiros.  
NENÉM BIG HEAD, filósofo cabeça e coloborador do MVV.
 - Concordo com o presidente de lá, principalmente quando ele afirma que "não somos responsáveis por resolver os problemas e agruras alheias". Ora, ora, ora! Eles não resolvem nem os seus problemas,  imaginem as agruras dos outros, né?

22 de agosto de 2013

TROPA DE CHOQUE

 
Três blogueiros de um MESMO veículo de comunicação, que dividem a MESMA página desse veículo, destinaram enorme espaço para publicar na íntegra a MESMA nota de repúdio do presidente do time de lá em relação às declarações de Alex Padang. Quanta solidariedade! Não bastou o tempo e a indignação das MESMAS pessoas com relação a um gol supostamente mal anulado pelo árbitro em uma partida lá em Pium, coisa, como diria Lula, nunca vista antes na história desse país. Além disso, matéria em letras garrafais mostrou esta semana o interesse de outro time pelo treinador Argel Fucks. Uma verdadeira tropa de choque. Acho que os para-brisas dos carros deveriam mudar a frase "Deus é fiel" para "Deus e a rádio ... são fiéis".

O início do fim

Um grande filme, com Paul Newman, que sugiro aos adeptos das letrinhas. Por que? Talvez solidariedade aos amigos de lá... Li no Fernando Amaral que grandes bombas estão às portas do "Colosso dos Lamas", senão vejamos: "O advogado do jogador Bem-Hur, solicitou a justiça o bloqueio do dinheiro do acordo assinado pelo clube com a OAS para utilização do Arena das Dunas, a partir de 2014... O motivo do pedido é garantir o pagamento integral ao atleta dos quase 500 mil reais ganhos no processo trabalhista movido por Bem-Hur contra o ABC e já em fase de execução judicial. A segunda: O montante dos débitos do clube já ultrapassou a casa dos 6 milhões". Diante disto tenho a impressão que tem maravilha do RN ameaçada, que este filme volta à moda, que é uma boa pedida para este fim de semana... O INÍCIO DO FIM, viu? Só nas boas locadoras. Nada de piratas ou genéricos, né?