29 de junho de 2013

Parabéns abc

Afinal o que seria de nós, América, se não tivesse as letrinhas pra bater, né mestre Alien?  Hoje, mesmo aqui de longe, não posso negar que fui às lágrimas.. O time aniversariante é isso, é aquilo, é aquele que tem um bocado de títulos, tem título por decreto, tem até título nos anos da segunda guerra mundial quando  disputou e venceu a final para o time do Terceiro Reich comandado por um tal de professor Himmler... Sei não, viu? De qualquer forma, um abraço grande aos meus amigos do outro lado. Se o mundo quer ser enganado, que seja, né?

28 de junho de 2013

E COMO BONS ANFITRIÕES QUE SOMOS...

... Torcemos para que o também alvirrubro Náutico de Recife, o Timbu, saia com pelo menos uma vitória maiúscula desse torneio/treino na Eco House.

Jerusalém libertada

Por aproximadamente 13 dias estaremos fora, eu, Ricardo (meu irmão) e família. Duvido que, do além-mar, não postemos algo por aqui... Estaremos ligados, dentro do possível, nos melhores blogs da terra de Felipe Camarão (Vermelho de Paixão, ET e Fernando Amaral) - informação e diversão certa que nos municiará e diminuirá nossa saudade... Espero encontrar, no retorno, um América menos claudicante, espero que não precisemos sair às ruas em passeata pelos R$ 0,20 e por mudanças... Deixo para os amigos um trecho que gosto muito de Jerusalém libertada, de Tasso (poeta italiano, 1544-1595). 

Por aqui a sorte varia alternadamente, / mandando-nos venturas ora tristes, oras boas; / e os precipícios costumam estar próximos/ dos vôos altos e repentinos.

Até mais ver, né?


27 de junho de 2013

Tiraram o dedo, foi?

Não sei, nem quero saber, a origem ou significado deste velho ditado dos tempos de criança muito usado na quebra de um tabu. Só sei que, pelo menos para meus amigos abeceístas, esta arrumação amistosa de torneio lá no Ecolamas serviu para alguma coisa: venceram o América, acabaram com o tabu e tiraram o dedo... Acho que agora, no meio de tanta euforia com a façanha, vão precisar de muita compressa de gelo pra recuperar o pobre do quirodáctilo. Um pouquinho edemaciado, né?

26 de junho de 2013

Engana que eu gosto

Enquanto a bola não rola de verdade, hoje lá no Ecolamas, o América treina com as letrinhas. O interessante é que, segundo o lá de baixo, a burrinha vai entrar com o time reserva, pedindo para apanhar e aumentar o número de partidas sem vencer o Dragão. Engana que eu gosto, viu? Só falta agora dizer que o Mecão vai jogar com o time sub-20, desfalcado de Índio Oliveira que foi ao Tororó, beber água e não achou, né?

25 de junho de 2013

Belas fotos, belas palavras




Esta semana não pude ir ao Abílio Medeiros, fui como disse na postagem anterior à Serra em família, mas como com a torcida americana não se brinca, recebo de Claudio Cesar, adquirente e colaborador costumais da Arena América, as fotos da montagem de mais lages e vigas na definitiva casa do Dragão. Seguimos avançando firmes e, conforme nota do presidente Alex, "dentro do cronograma traçado por nós, da diretoria, e pela CIC para logo o América ter um lugar digno de receber sua torcida". Belas palavras, presidente...

24 de junho de 2013

Pirão à brasileira com Malbec argentino

Depois de um fim de semana de paz lá na Serra, alheio a qualquer coisa que não fosse família e o prazer da harmonização quase-que-perfeita dum pirão de cozido à brasileira com um bom Malbec argentino; depois de ler meus três blogs prediletos - Sérgio Fraiman, ET e Fernando Amaral; depois de saber dos resultados de um torneio de nome difícil ocorrido numa arena, salvo engano, chamada Ecolamas; depois de tomar conhecimento de uma grande ofensiva contra (pasmem!) o Vermelho de Paixão que já ultrapassou a "besteirinha" dos 8 milhões de acessos; resta-me declarar, "talqualmente" Fernando Amaral, confuso e, "redundantemente", sem entender mais nada, viu? Só chamando o Neném Big Head, né?

23 de junho de 2013

MISTÃO DO MECÃO 3 X 0 TITULARES DA SÉRIE A

Não que eu seja supersticioso, mas bem que disseram que esse campinho só dá sorte para o Mecão. Desculpem a informação pela metade: só soube do resultado da partida principal de hoje. A preliminar amanhã vejo se sai alguma coisa na imprensa.

22 de junho de 2013

DÁ LICENÇA?

CANSADO DE TRAGÉDIAS
Mais uma vez vemos uma vida ir embora e uma família ser atingida pelo banditismo que vem assolando esse nosso grande Brasil da Copa (e da falta de Saúde, Educação e Segurança públicas). Ontem à tarde, um empresário foi morto em plena luz do dia, em frente a um grande hospital da cidade,  em uma tentativa de roubo de seu veículo. Por incrível que pareça, o tiro partiu de uma arma. Parece óbvio, não é? Da mesma forma, todo santo dia vemos imagens captadas em câmaras de segurança, onde bandidos portam e matam com armas de fogo. Mas não houve um desarmamento amplo, geral e irrestrito nesse país há alguns anos atrás? Independente de ser a favor ou contra a medida, o fato é que houve o desarmamento. Quem, então, está alimentado os bandidos com esses revólveres, escopetas, fuzis, etc.? Onde conseguem esses equipamentos? Com que facilidade? E nós? Como ficamos?

Amor, sublime amor

E eu que pensava já ter visto tudo... Acabo de ler, do comentarista lá de baixo, esta pérola a respeito da contratação de Pingo para seu time do coração: "Só não divulguei o nome do atacante para não atrapalhar a negociação".  Quem sou eu para condenar o amor, tão sublime amor? Quem sou eu para falar de uma conduta, por assim dizer, na contramão da informação? Quem sou eu para lembrar que a rádio dele sempre repete que seu compromisso é apenas com o ouvinte? Sei não, mas acho que estamos diante de um enorme ato falho... Trágico se não fosse cômico, né?

21 de junho de 2013

ESCLARECENDO: TAÇA ECOHOUSE

Não senhores, o nome ECOHOUSE não quer dizer "Casa da Ecocil". E definitivamente não: os jogos não ocorrerão na "Arena Ecocil". Isso é apenas confusão sem fundamento. EcoHouse é uma empresa de imóveis parece que ligada ao empresário Anthony Armstrong, do Alecrim F.C. Só para esclarecer.

Ele está de volta

Não, não me refiro a Raí, aquele ala esquerda que por aqui passou e está a retornar. Raramento comento nomes contratados ou dispensados no América, isto é prerrogativa da direção. Nem sempre concordo (vide a possível dispensa de Netinho que, diferentemente da maioria dos amigos que navega pelo blog, vejo como um grande articulador de jogadas que somado ao futebol de Cascata encorpava muito nosso meio de campo), mas repito: isto é prerrogativa da direção e possivelmente a repatriação de Raí já faz parte do planejamento incrementado pelo patrocínio OAS. E então, quem está de volta? Refiro-me ao querido professor Francisco de Assis, aquele que para alguns da imprensa é um profundo conhecedor de futebol, é quem faz a melhor leitura do jogo na beirada do campo, é isto, é aquilo, mas não serve para treinar as letrinhas... Ele que sequer é cogitado quando há vacância de cargo pras bandas de Pium, volta à mídia com a seguinte manchete do Edmo Sinedino: Francisco Diá elogia a contratação de Rai. Então tá. O professor falou está falado! Que venha o Raí, né?

20 de junho de 2013

Na contra-mão do seu povo


Está lá na Bíblia (Lucas 23:34) - Perdoai Pai, ele não sabe o que faz. Depois desta entrevista, acho que o Pai Eterno vai ter mais trabalho que pensava. Ele não sabe o faz; não sabe o que diz - dá pena ouvi-lo como comentarista da Globo; confunde Jesus por Genésio em suas baladas, por assim dizer, noturnas; não sabe o que é um hospital público; não sabe o quanto seu povo sofre com a falta de leito, de medicamento, de fio de aço para fechar um tórax... Não sabe de nada daquela gente que sempre o admirou, que tanto rezou por sua recuperação apesar dele dispor dos melhores médicos e hospitais deste mundo. Perdoai Pai, ele perdeu uma ótima oportunidade para ficar calado, ele ainda se acha um fenômeno, né?

A GRITA DOS JOVENS

Que estas manifestações sirvam para mexer com a consciência das pessoas. Um processo de longo prazo e que só trará resultado quando esses mesmos jovens estiverem ditando os rumos do país (caso mantenham a convicção de hoje). Não sendo assim, é melhor esperar passar a lei que proíbe o político ser corrupto. Fácil!

Que a demagogia irresponsável não proíba a polícia de cumprir seu papel de manter a ordem e evitar vandalismo, baderna, depredação e os enormes prejuízos que estamos vendo no patrimônio público e também privado.

SEM PROCURAÇÃO

Vi no blog do Sérgio Fraiman que Netinho pode ser o próximo a sair. Bem, se for pelo salário, acho que está justificado. Se for por contusões, não acho que tenha muita lógica rotular o jogador ou prever o futuro. Agora, se for por qualidade técnica, Netinho é mais um jogador que suscita opiniões contrárias. Quem foi o meia que, juntamente com o Curió, serviu Isac no campeonato e série B de 2012? Quem hoje no América pode fazer essa função, ajudando Cascata, que sabemos não pode carregar o time sozinho nas costas, em uma competição tão longa? Caso Netinho saia mesmo, torço para que não vá para nenhum time concorrente dar trabalho para nós. E espero que o América já tenha em vista alguém melhor que ele para a posição.

19 de junho de 2013

FOI ÓTIMO!

Conversa da imprensa isenta, mas discretamente tendenciosa, captada pelo satélite espião P-1 LAN TERNA.

- Paulo Porto está na lanterna, mas vai para o tudo-ou-nada em Varginha.
- Foi ótimo! Assim ele tem a chance de se recuperar, pois é um cara sério, trabalhador e competente.
- Paulo Porto foi dispensado após o jogo de Varginha.
- Foi ótimo! Ele não mostrou a que veio e já não conseguia mais ter o time nas mãos.
- Zé Teodoro foi contratado para o lugar de Paulo Porto.
- Foi ótimo! É um grande treinador que já passou por vários times grande e vai renovar o plantel atual.
- Zé Teodoro não vem mais.
- Foi ótimo! Ele queria contratar um time inteiro e o nosso time não precisa disso.
- O novo treinador agora é Waldemar Lemos.
- Foi ótimo!

Num continente americano...


C'est une révolte?
-Non, Sire, c'est une révolution.


Assim respondeu La Rochefoucaud-Liancourt (duque da França, 1747-1827) à pergunta do rei Luis XVI, quando chega a Versalhes a notícia da queda da Bastilha (1789). Juro que não estava lá para atestar a veracidade deste diálogo, mas vendo a revolta do povo brasileiro que parece ter enfim despertado para crise de valores que vive nossas instituições, fico a imaginar este diálogo acontecendo em algum mundo extraterreno, após aquela simbólica ocupação do Congresso Nacional... 


-É uma revolta?
-Não, mestre Alien, é uma revolução. 
-Será? E onde começou? 
-No planeta Terra, numa cidade chamada Natal, no Brasil, num continente chamado AMÉRICA, né?
-No América, foi?

18 de junho de 2013

Tá tu, mestre. Tá tu, né?

O caos, a lanterna, dívidas abissais... Agora chega mais um para resolver o "pobrema". Vem sem a carabina, é outro Waldemar. Pede tranquilidade e traz Flores. Nem tudo isto é capaz de mudar o ânimo de alguns. A felicidade é um estado de espírito, ninguém a tira do bom alienígena. Tá feliz, né mestre? Tá tu, né? 

17 de junho de 2013

CARA DE UM...

            
Vendo o jogo de ontem, Itália x México, principalmente no momento do gol do Balotelli, não é que lembrei do nosso Isaac, o Matador? A única diferença é a forma de comemorar o gol...

Jacarés, pebas, tatus

O berço do jacaré

Vigas de piso

Cuidado, homens trabalhando

Sai de baixo que a POLIMIX chegou

Sobrou pra nós
Conforme prometemos, aí estão algumas fotos da nossa visita de sábado à CIC. São jacarés, pebas, tatus, não importa os nomes destas "besteirinhas" de concreto armado que vimos no seu nascedouro. Daí para o seu derradeiro e definitivo lugar - a Arena América - é um pulo. Nos próximos dias, palavra do Dr. Alencar,  os "bichinhos" estarão a infestar o Abílio Medeiros, faça chuva ou faça sol, viu?

16 de junho de 2013

Que Deus o tenha num bom lugar

Faleceu Eduardo Igor, ex-atleta do Mecão. Fala-se em suicídio... Sou pequeno para entender os desígnios de Deus, menor ainda para tecer algum juízo de valor ao fato. Resta desejar que Ele o tenha em bom lugar. 

Tchau bc

Zé Teodoro veio não, foi? Dizem que foi, viu, ouviu, assuntou, pesquisou, não gostou. Então tchau bc, né?

Pingo nos "Is"



Estivemos (eu, Sobrinho e Dr. José Rocha) ontem no CT Abílio Medeiros e na CIC vendo e se inteirando do andamento da obra da Arena América. Uma boa conversa com Alencar, o admirável diretor presidente da indústria que fabrica a superestrutura. Pingos colocados nos seus devidos "Is", saímos com a absoluta certeza que nos próximos dias, chova ou faça sol, o cenário do estádio estará transformado num emaranhado de estruturas de concreto. Amanhã mostrarei as "besteirinhas" prontas e em fase de conclusão que vimos na CIC. Lá o trabalho fervilha, viu?

15 de junho de 2013

O ÚLTIMO ADEUS

Ou "A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM". O treinador, ops, ex-treinador do time das letrinhas minúsculas zarpou antes de se apresentar. Deve ter conversado com o Paulo Porto. Queria o quê? Chega e vê um time na última colocação (estamos próximos, viu?), manifestação de torcedores na frente do campo de treinamentos, muro de Berlim sendo erguido dentro do "complexo esportivo" para separar o que é meu e o que é seu, ações trabalhistas saltando que nem pipoca em panela quente. O bom senso falou mais alto. A justificativa foi uma "proposta irrecusável" que recebeu do Náutico. Aqui com meus botões, acho que está mais para "trocar o certo pelo duvidoso", "não entrar em barca furada",  etc., etc., ... 

A última deusa

É de Eurípides - "Chorando não trarás de volta os mortos do além-túmulo" - esta sentença que nos alerta para inutilidade das lágrimas. Temos um recesso providencial para corrigir o começo pífio, temos a inteligência, temos os recursos (leia-se o patrocínio OAS), temos a vontade de acertar... Não faço coro ao choro ou às pedras, acredito no poder de recuperação do Dragão, basta uma correção na atual política de contratação - precisamos qualidade, não quantidade - para que se mude o rumo da história. Tenho esperança... Esta é a última deusa, né?

14 de junho de 2013

Sem anestesia

Não, não é da obra da Arena América, trata-se de um muro que está a cortar o "complexo" do Lamas. Pela repercussão e pelo quiproquó havido lá pras bandas de Pium, esta incisão deve ter sido sem anestesia, né? Depois desta, resta a inevitável pergunta do Neném Big Head... Doeu, foi?

13 de junho de 2013

DOIS PESOS...

Impressionante como é diferente a abordagem das coisas do nosso futebol. Dando uma repassada nos blogs especializadíssimos vê-se claramente que, enquanto para o América os textos nominam jogadores e falam que eles estão mal ou desaprenderam, para o outro time tudo é institucional: "o time" precisa melhorar, "o plantel" tem que reagir, "o grupo" deve ser estimulado. Ultimamente, a moda é estranhar o fato de Roberto Fernandes ser prestigiado no América. Parece que estão doidos para que ele saia. E quanto ao outro técnico que zarpou na última rodada? Enquanto estava aí, ninguém dizia uma palavra contra. Ao contrário: é um cara sério, um bom moço, um filho exemplar e foi até coroinha da igreja quando era menino lá em Barbacena. Tratamento que, por sinal é igual ao dado aos dirigentes também. Por que será?

12 de junho de 2013

Fui, vi e gostei


Não. Não me refiro ao jogo de ontem. Falta muito para chegarmos ao razoável e perdemos porque em tempo algum ameaçamos o fraco Palmeiras. Refiro-me a alegria de, lá no Barretão, ter visto esta grande figura - o horrorooooso do megafone - vivinho da Silva. Só faltou o "instrumento" de trabalho, né?

Truculência versus solidariedade

Mas como a memória é curta quando interesses mais alto se levantam... A "especializada" fez que não viu. Pouca ou nenhuma notícia foi dada à truculência praticada no CD de lá contra o presidente que, no peito, no amor e na raça construiu o estádio deles. Pegaram o Tadeu para Judas, foi? Eu? Tenho nada com isso, apenas o registro e minha solidariedade, viu?

Cômico se não fosse trágico

Ontem ferrenhos adversários, hoje, excepcionalmente hoje, preto e vermelho, comemoram o dia dos namorados abraçados na rabeira da tabela... Cômico se não fosse trágico, né?
Independente de todas as nossas deficiências, independente do nosso adversário ser rebaixado, mas ser porco, independente da falta de categoria de alguns atletas, independente de termos um poste chamado Negão em nosso ataque, independente de termos um monte de jogadores craques do nível do Barcelona ainda para jogar, independente de má sorte e de (outras) caveiras de burro enterradas no entorno do Barretão, independente de um resultado negativo contra o Palmeiras (que nem é lá essas coisas) não ser nada de outro mundo (alô E.T.!), etc., etc, etc... o juizinho do jogo de ontem não queria que o time de São Paulo saísse daqui com resultado negativo. Tremeu diante da pressão do Palmeiras em cima da comissão de arbitragem durante toda a semana, marcou todas as faltas do mundo contra o América e nenhuma contra o adversário, inverteu faltas em favor do Palmeiras e acovardou-se ao não apitar pênalti claro em favor do América no final do jogo. O rapazinho não foi equivocado, foi mal intencionado mesmo.

11 de junho de 2013

Parto laborioso


Embora com irritante atraso, finalmente a CIC começa a montar o "berço" da torcida americana. As famosas "jacarés" tomam suas derradeiras posições e dão forma à arquibancada que brevemente abrigará a imensa nação de peles-vermelhas. Mais um passo nesta árdua caminhada, mais uma meta alcançada, mais um dia para ficar na história, mais um parto laborioso... Ah, ia esquecendo! Hoje o Mecão joga em Ceará-Mirim, vamos todos ao Barretão, apoiar nosso time!

10 de junho de 2013

QUEM É RODRIGO FABER?

Trata-se de um profissional que escreve na página de esporte do globo.com. Segundo Marcos Lopes, em texto do blog da Tribuna do Norte, hoje no começo da tarde esse senhor publicou matéria extremamente ofensiva e discriminatória ao povo de Ceará Mirim, retirando-a algum tempo depois. Os representantes da cidade,  o Ministério Público e todo cidadão de Ceará Mirim tem o direito de interpelar judicialmente o profissional e até mesmo a empresa para qual ele trabalha. Não bastando esse insulto gratuito - verdadeiro crime -, um comentário assinado por um tal de Fernando Ruffato diz o seguinte sobre a torcida do América: "É só  anunciar que não terá o bolsa família que os torcedores do américa não vão ao estádio. Os que forem é só dar uma cesta básica que ficam em silêncio". Mesmo com português sofrível, vê-se flagrante discriminação que também merece todo o repúdio das pessoas de bem. Fica aqui o meu protesto. Que isso sirva, ao final do jogo de amanhã, para mostramos a esses dois e a quem mais compactue com os pensamentos e posições deles, quem é o América F.C., quem é a torcida do Mecão e quem é o povo de Ceará Mirim.

A pérola

Esta foi Neném Big Head que me enviou após ler a postagem do comentarista de lá de baixo sobre a contratação de mais um treinador para o time do elefantinho... "Muitos são citados, entretanto apenas um será contratado". Profundo, muito profundo, replicou o Big Head...

ENQUANTO TERÇA-FEIRA NÃO CHEGA...

Pego carona do disco voador do mestre Alien e replico sua charge. Quem sabe quarta-feira com a nossa primeira vitória (vamos vencer o Palmeiras, por que não?) e uma derrota numa BOA da burrinha, eu mude estas legendas, né?

SOBROU PARA O PALMEIRAS

 
Já que a primeira vitória no Barretão não deu para sair na sexta passada, paciência, a vítima será mesmo o poderoso Palmeiras/SP. Apenas por força da tabela. Notícias do Correio do Mato Grande dizem que uma carcaça de burro foi encontrada e desenterrada nesse final de semana por aquelas bandas. Agora, sim. Não perderei por nada nesse mundo.

9 de junho de 2013

Às portas

Embora comungue com a insatisfação da maioria pelo fraco desempenho do time, tenho excepcionalmente filtrado uma quantidade atípica de comentários chegados ao blog pedindo a cabeça de A, B ou Y no América. Tenho confiança na capacidade de articulação do presidente; tenho certeza - não estou ironizando - que com o tão desejado dinheiro advindo do patrocínio da OAS, a qualificação do plantel americano será factível, a nossa campanha tomará o rumo das vitórias e logo o G-4 estará às nossas portas. Torço e tenho fé...

8 de junho de 2013

DIABOS RUBROS

Dida falhou nos gols. Mas quem diabos passou a bola para o atacante do Guará fazer o segundo gol? Foi um verdadeiro passe de mestre de cabeça de Márcio Passos.

Que diabos fez Jorge, Júnior, Júlio o sei-lá-o-quê Negão no jogo de ontem? Ele se esconde mais do que joga, não pediu a bola em nenhum momento, não se movimentou, nada.

Cadê o outro meia para ajudar o sempre criticado, mas herói, Cascata? Onde diabos anda Netinho? Passou algum trator por cima dele?

Que diabos acontece com a regulamentação de Felipe Pacheco? A transferência vem de Uganda ou de algum satélite natural de Júpiter?

O que diabos tem o Barretão a ver com isso tudo? A digníssima senhora CBF não aprovaria o Nazarenão, pois ele não tem capacidade para 10.000 expectadores e provavelmente não aceitaria aquele arremedo de arquibancada móvel do ano passado. Jogar onde? No campo de segurança mínima do Pium, pagando os olhos da cara para sanar as dívidas impagáveis dos caras? Ou no canteiro de obras do Arenão, afastando um pouco as máquinas e as metralhas para o canto?

EMPATE COM SABOR DE MERDA

Só mesmo umas cinco barrinhas de Chapecolate Meio Amargo, prá amenizar o coice, né?

(mer.da)
sf.
1. Fezes, excremento.
2. Fig. Pej. Coisa desprezível ou repulsiva.
s2g.
3. Tabu. Expressa irritação, repulsa ou desprezo.


Hoje não falarei de futebol nem de música, hoje falarei de reza braba...

Falarei de duas rezas brabas que li num excelente artigo da minha amiga Ana Maria Cascudo sobre Medicina popular... A primeira é da mais antiga rezadeira de Alagoas e serve para mau-olhado, "aquisidade", gota-coral, feitiço, malefício, azar, olho grande  e, quem sabe, gol tomado na prorrogação: "Se tiver algum destes males, os tais mal na areia do rio vai parar, pelas cinco chagar de Cristo. Eu te curo, se o mal tiver na cabeça, se tiver nesta banda, na sua frente, desse lado e no fundo (do gol?), pai nosso senhor Jesus é de todo o mundo". A segunda, a mais enfática de todas, é para se livrar das pestilências, do ar doentio e  para desenterrar caveira de burro... Era proferida pelos Bandeirantes quando se tocavam pelas estradas (de Ceará-Mirim?) do sertão a dentro: "Em nome do Deus Padre/ do Deus Filho/ em nome do Espírito Santo/ ar vivo/ ar morto/ar de paresia/ ar renegado/ ar excomungado/ eu te arrenego". Depois destas duas "poderosa", de uma mudança radical na política de contratação, da permanência sim do RF que não pode tirar leite de pedra, da volta do capitão Edson Rocha, da titularidade de Andrey e de outras coisitas mais, acredito que seremos imbatíveis no Barretão, né?

Faltou tempero

América completa, salvo engano, o décimo jogo sem vencer. Não pude ir a Ceará-Mirim, assisti na televisão, melhor não ter assistido... Colocaram sal grosso no Barretão... Quem sabe na próxima um pouco de pimenta do reino, cominho, páprica, noz moscada e uma folha de louro... Faltou tempero, né?

7 de junho de 2013

PALPITE

Com ou sem canelite, bursite, estomatite, chuvite ou qualquer outra ite, estamos sofrendo também, além de outras coisas, de uma baita de uma tabelite infectada. Mas hoje à noite sou mais Mecão. De minha parte, não perderei a chance de ver nossa primeira vitória dentro do Barretão. Para convnecer, levantar a moral e encarar o "Parrmera" na semana que vem. E americano de verdade vai, apoia, incentiva e acredita. Em todos os momentos. Portanto, hoje é dia de americano em Ceará Mirim, ajudando o América e não escondido na frente de uma televisão dando dinheiro para o patrocinador da transmissão. Sem desculpite!

6 de junho de 2013

Tem nada a ver, Fernandinho...

Não, não estou me referindo à musa do Grêmio postada por meu amigo Fernando Amaral em seu blog, afinal diz o hino que até a pé nós iremos para o que der e vier, né? Falo deste horroroso sapato preto, tem nada a ver, Fernandinho...

ABSURDO!

Voltando a olhar o futebol, e depois da última rodada, não dá para não se indignar com a situação:

4 jogos,
2 pontos apenas,
Penúltimo lugar no campeonato,
2 derrotas,
2 empates,
-3 de saldo de gols,
17% de aproveitamento.

Esta campanha horroroooosa é a do Flamengo do RJ, gente. Estavam pensando o quê?

Mordaça sem voz nem vez

Desnecessário dizer que a linha editorial deste blog não tem tutela. Aqui não se come na mão de ninguém e por mais amor, mais paciência e mais desejo de sucesso ao clube, impossível (só de quando em vez, né) não fazer uma sátira à desconfortável situação atual... Torço pela recuperação, torço que o time volte a ganhar, estarei (como sempre) amanhã em Ceará-Mirim incentivando nosso time, torço pelo sucesso dos atletas,  pela volta por cima de todos, torço pelo acerto de nossa diretoria, torço pelo América Futebol Clube, mas desnecessário também dizer que mordaça aqui não tem voz nem vez, viu?

Horroroooso!

Ribamar Cavalcante pergunta: cadê este guerreiro do megafone, presença constante em todos os jogos em Goianinha? Onde estará o horroroooooooooso, pergunto eu?

4 de junho de 2013

RESULTADOS DE HOJE

CAMPEONATO PORTUGUÊS
Beira Mar 1 x 4 Sporting
Benfica 3 x 1 Moreirense
Gil Vicente 1 x 3 Estoril

CAMPEONATO TURCO
Eskisehirspor 3 x 1 Antolyaspor
Kayserispor 2 x 0 Besiktas

CAMPEONATO SENEGALÊS
Jecoleones 3 x 1 Sencoleones

Sem nada mais de interessante na rodada.

Virgílio e os coleones

Será?
Não. Virgílio não é aquela contratação que todos esperamos, muito menos aquele meia que deixará nossos atacantes na cara do gol. Trata-se  do poeta latino que viveu entre 70 e 19 a.C. e, em Eneida, disse: "eles podem porque pensam que pode". É isto que cada jogador americano deve ter em mente. Vamos vencer o poderoso Joinville porque acreditamos nesta possibilidade, vamos vencer porque podemos vencê-los, vamos vencer porque eles não têm  mais "coleones" (latim tardio, viu?) que os nossos, né?

3 de junho de 2013

SCORE 2013


Observando as partidas do time profissional do América no ano de 2013, se atribuirmos +1 ponto por vitória, 0 ponto por empate e -1 ponto por derrota, obteremos o gráfico acima. Entre 6 de março, quando vencemos o Baraúnas em Mossoró por 1x0 e 5 de maio, quando empatamos em 0x0 com o Potiguar de Mossoró no Nazarenão, tivemos um período de muita tranquilidade. A partir daí, não temos conseguido repetir o mesmo desempenho. O mês de maio, por sinal, é para ser mesmo esquecido. Só vencemos o Alecrim, no dia 1º, por 2x1. Desde então, somos "invencíveis": não vencemos mais nenhuma! Já são oito partidas sem saber o gostinho da vitória. As partidas que vêm agora são mais difíceis ainda, pois são da Série B. Mas não podemos nem queremos passar o ano brigando para não entrar na Zona. Já se foram três rodadas. Ainda temos trinta e cinco para voltar a ganhar e a fazer uma campanha pelo menos parecida com aquela do ano passado.

Ao mestre com carinho

Pegando carona no disco voador do mestre Alien, devolvo-lhe esta singela charge... Né?

A ordem reina em Varsóvia

Palavras do discurso de Sebastiani de La Porta (político francês, 1772 - 1851) na Câmara dos Deputados, anunciando a brutal repressão realizada pelo exército russo, à uma revolta em Varsóvia. Pois bem... Lembrei-me  deste histórico discurso para parafraseá-lo. A ordem reina no América! Aqui, em vez de repressão, o exército vermelho uniu-se e mais forte ficou. Nenhuma bala disparada. O futebol consegue o tão desejado contrato com a OAS e a Arena América recebe adesões, para muitos, impensáveis. Na tensa reunião do CD, arestas foram aparadas, reduziu-se o abismo que se formava nas terras vermelhas e o América segue, agora sim, com dois objetivos paralelos e de igual importância: vencer e construir! A paz reina em Varsóvia, na Rodrigues Alves, em Japecanga, no Gancho, em Ceará-Mirim e em qualquer rincão onde exista um pele-vermelha. Peço vênia aos amigos para não publicar nenhum comentário que perturbe esta nova ordem. Sem picuinhas, né?

2 de junho de 2013

ZONA? EU?!

Não, meu caro amigo alienígena. A colocação é "incômoda", mas ao menos nessa rodada não terminamos na Zona. Vai ver o problema foi a distância da Terra que não permitiu que a informação chegasse ao seu planeta a tempo, antes do final da terceira rodada. Tem nada não. Pela PENÚLTIMA vez, digo, a lanterna preta ainda não acendeu, mas do jeito que vai...

O jacaré deu cria





E literalmente "superpopulou" o solo do Abílio Medeiros neste Sábado próximo passado, quando lá estivemos (Sobrinho, Jussier e eu). Tudo pronto para a montagem das arquibancadas que só não estão nos definitivos lugares porque uma tal borracha - neoprene, eu acho que é assim que se escreve - não chegou em tempo hábil de São Paulo para se postar entre as peças de concreto. Vejam os "bichinhos" voando, chegando em revoada e se arrastando pelo chão. Deu cria, né?

1 de junho de 2013

Mingo

Neste Domingo 02/06/13, completa quarenta e oito anos o ex-atleta Mingo, aquele que na década de 90, foi considerado um dos melhores laterais do futebol do Rio Grande do Norte. Parabéns a Mingo. Parabéns a Ribamar Cavalcante que nos abastece com a história do futebol do RN...

APRENDENDO A DANÇAR

Também não precisava se solidarizar tanto com o das letrinhas, não é? As vitórias do América MG e do Bragantino nos deixaram em uma colocação... vamos dizer... incômoda. Mas, olhemos pelo lado positivo: estamos com o dobro de pontos de nosso arqui-rival, fizemos quatro vezes mais gols que eles, eles têm o dobro de derrotas que nós temos, só levamos dois gols a mais que eles, e, para terminar, temos o dobro do seu aproveitamento.
Uma maravilha de campanha!

Reforço de peso

Sobrinho, Jussier e o amigo do Big Head
O ex-presidente Jussier Santos, mais novo proprietário de um camarote da Arena América, esteve conosco no canteiro de obras do nosso estádio e já chega arregaçando as mangas para somar conosco na realização do sonho de toda nação americana. Um gol de placa, né?

Continua na zona

Jogando, segundo a especializada, uma espetacular partida dentro do M. LAMAS, o elefantes mais uma vez não vence e permanece na zona de rebaixamento. Tá gostando, né?