13 de fevereiro de 2019

De olho

Vem mais um Mecão X burrinha e com o jogo as preocupações de sempre com a segurança dos torcedores e com as infelicidades do apito caseiro sempre, quero crer por absoluta coincidência, em desfavor do Mecão. A história mostra, as estatísticas mostram, não há como não se preocupar. Aqui o raio costuma cair sempre pro mesmo lado, sempre na nossa cabeça, uma infelicidade costumás... Prudente ficar de olho, né?

10 de fevereiro de 2019

Com “Y” maiúsculo

Pois é, pra quem foi contra a substituição do Luizinho vai ter que engolir o “Y” de Moacyr  Júnior goela abaixo. Os mesmos jogadores com exceção do Tony que entrou no lugar de Max, mas um outro esquema e postura em campo. Às vezes mudar é preciso, mesmo considerando toda bagagem e conhecimento do seu predecessor. Ouvi, numa das raras reuniões de futebol que participei, que alguns jogadores não conseguiam acompanhar e compreender os ensinamentos da nossa prata da casa - o Luizinho - que está alguns furos acima da maioria. Não sei se procede, não passo de um torcedor, careço de substância para qualquer juízo de valor, mas que a vitória foi com Y maiúsculo foi, né?

7 de fevereiro de 2019

UFA!

Enfim um resultado satisfatório em meio a tanta coisa ruim nos últimos anos. Passamos pra segunda fase da Copa do Brasil. Se vamos à frente contra o Santos do Pelé não importa, em época de vacas magras e prêmio pela passagem de fase nos conforta e soa como música meio a tanto barulho. Parabéns a Eduardo Rocha que não desiste nem emprenha pelos ouvidos! Espero que sobre uma laminha pra Arena América, né?

1 de fevereiro de 2019

Resumo d’ópera

América vence, não convence, sai Luizinho, entra Moacyr com Y e a saga continua. Falar da falta de recursos, do empenho de toda diretoria, da insastifação da torcida seria redundante e não mudaria o status quo. Estamos em estado de penúria e o que interessa é dele sair, independente de grupos, nomes ou facções, né?