28 de dezembro de 2014

AZEDO? EU?!

Que a bem-aventurança caia sobre cada um de nós para que todos consigamos nossos objetivos e sejamos felizes e para que nossas almas sejam contempladas com o Bem maior por toda a eternidade.

Viu?

27 de dezembro de 2014

Provai e vede que ele é bom

Longe de querer polemizar, não tenho o costume de pedir ou queimar qualquer contratação do América Futebol Clube mas, vendo e ouvindo tantas opiniões contrárias ao senhor Flávio Boaventura, só recorrendo à Bíblia, mais especificamente Salmos 34.8, para aconselhar o zagueiro oriundo das letrinhas... 

"Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia".

Entendeu FB? Você agora tem um novo clube a servir, um clube que tem uma história de glória e uma briosa torcida. Honre o seu nome e o nosso escudo, viu? Provai e vede que ele é bom, né?

P.S.  Viajo amanhã, estarei ausente do país por longos vinte dias. Feliz 2015 a todos. Fiquem na companhia de meu irmão Ricardo - um tanto quanto azedo - que terá a incumbência de manter o blog em atividade.

Uma boa reunião do CD

Ontem nos reunimos na sede do América para mais uma reunião do CD. Aprovação de contas da gestão passada, exposição de erros e acertos deste ano, críticas e sugestões foram os temas. Como todo povo civilizado, tudo transcorreu dentro das CNTPs, sem agressões ou mal estar, apesar das discordâncias... Saímos certos que, apesar do rebaixamento, estamos unidos e fortes, não em torno de nomes ou pessoas, mas pelo bem do America Futebol Clube. É assim que deve ser, né?

23 de dezembro de 2014

A LISTA DE RF 2015



Goleiros:
Pantera, Busatto, Reinaldo, Leo

Laterais Direitos:
Walber, Gustavo

Laterais Esquerdos:
Arthur Henrique, Magalhães

Zagueiros:
Zé Antônio, Edson Rocha, Cléber, Flávio Boaventura

Volantes:
Judson, Marcus Vinícius, Zé Antônio

Meias:
Daniel Costa, Andrezinho, Thiago Potiguar, Matheus

Atacantes:
Rodrigo Pimpão, Alekito, Emerson, Buba, Max, Gláucio

ENTRE OUTRAS COISAS, GARRA, FOCO E COMPROMETIMENTO É O QUE QUEREMOS.
BOA SORTE PARA NÓS!

Fonte: blog vermelhodepaixão

Buemba! Buemba!

Enfim chegou a buemba! Refiro-me à bomba aspersora, com toda a automação do primeiro mundo, para iniciar a irrigação do campo de jogo da Arena América. Ufa, já não era sem tempo! Agora é instalar e imediatamente iniciar a colocação da grama. Com a drenagem, tubos de irrigação e terreno devidamente preparado e adubado, tenho certeza que brevemente o "verde para que te quero verde" será título de postagem aqui no MVV, né?

15 de dezembro de 2014

Enquanto a bola não rola...

Nós, membros da comissão de construção da Arena América e o presidente Gustavo Carvalho, não paramos de buscar as soluções para concretização do nosso sonho. Hoje a acessibilidade e malha viária do entorno da obra foi o tema. Lá, na arquibancada do nosso estádio, nos reunimos com o prefeito de Parnamirim - Maurício - e o vereador Batista que nos garantiram a melhor forma de acesso à nova casa do Dragão. Profícua reunião, viu?

8 de dezembro de 2014

Laje de piso




Hoje estivemos nas obras da Arena América. Conferimos um grande volume de laje de piso assentada no primeiro pavimento da arquibancada. Imaginem a emoção de andar sobre um piso que, além dos ingredientes próprios do concreto, é composto  pelo sangue de Dragão e o DNA dos peles vermelhas... Vejam as foto. Menos que gostaríamos, mais que uns poucos acreditavam, o suficiente para continuarmos obstinados a transformar sonho em realidade, né?

7 de dezembro de 2014

TRÍPLICE OBSERVAÇÃO

 I
Sem pretensões nenhuma na classificação do Brasileiro, o Santos foi macho e venceu o Vitória/BA fora de casa, mesmo sabendo que esse resultado beneficiaria o rival paulista Palmeiras. Tá aí um time sério esse alvinegro paulista.

II
Sem ter visto as notícias do futebol após a última partida do América, fiquei sem saber o desfecho do caso Judson que, estranhamente, minutos antes do jogo, foi avisado que estava irregular e não poderia atuar contra o Paraná. Forças ocultas?

III
Sem fazer parte de diretoria, comissão técnica ou coisa parecida, falo como legítimo torcedor: tomara que o América não eleja uma das quatro competições de que participará para ser "a" prioridade de 2015. Corre o risco de, não conseguindo esse objetivo, ainda se dar mal nas outras.

5 de dezembro de 2014

Novos tempos, novos ventos

Slogan de campanha de Geraldo Melo para governador do Estado anos atrás? Nada disso, apenas a lembrança! Hoje quem passa no América vê muito mais que isso - uma verdadeira força tarefa, um furacão capitaneado por Eduardo Rocha a fazer o novo tempo no clube que tanto amamos. É o tempo da união pela recuperação, um autêntico sangue e pele vermelha arquitetando e planejando o caminho da volta à Série B. Tenho nada com isso, lá não passo de um obreiro, conselheiro e acima de tudo torcedor incondicional do Mecão, mas toda vez que vejo o ritmo frenético de trabalho tenho a certeza do íntimo parentesco da Fênix com o Dragão da Rodrigues Alves. Novos tempos, novos ventos para ressurgir das cinzas, né?

2 de dezembro de 2014

AGORA É COM VOCÊ, RF!


Hora de juntar os cacos, arregaçar as mangas e seguir em frente sem descanso. Confiamos que você será o grande diferencial no ano do nosso centenário. Sem baixarias, sem arrumadinhos, sem apadrinhamento, sem interferência de forças ocultas que tanto nos prejudica. É começar do zero e redimir o ano que passou, com sobras e muita folga. Não pense pequeno. Que você seja vitorioso em todas as competições que estiver à frente da grande instituição que é o América Futebol Clube. A tríplice coroa é o que merecemos em 2015. Vamos em busca do bi-campeonato estadual e dos títulos da Copa do Nordeste e da Série C. É muito? Quem conhece o América sabe que não é.

30 de novembro de 2014

Um dia depois...

Ainda ressacado de ontem, passei pelo blog de Fernando Amaral. Nessas horas ninguém melhor que ele, por sua inteligência e profissionalismo, para explicar o sinistro sem entrelinhas... De lá pincei frases lapidares que as transcrevo deixando o livre arbítrio para a nação de peles vermelhas...

"O América caiu... Caiu por pouco ter feito para evitar a queda. Poderia ter ficado se o futebol não fosse movido por coisas que deviam ser condenáveis... Mas, mereceu cair".

Dizer o que, né?

29 de novembro de 2014

Eleonor Roosevelt

Esposa do presidente dos EUA, Franklin Delano Roosevelt, teve com ele seis filho. Certa vez numa entrevista lhe perguntaram se amava os seis por igual ou se havia algum preferido. Ela parou, pensou e estarreceu a platéia afirmando que havia sim um que ela mais amava. Amava mais aquele que no momento estivesse mais a necessitar. Pois bem... Faço minhas as palavras de Eleonor Roosevel. Hoje o América, com a queda para terceira divisão, está  a necessitar de maiores cuidados, hoje amo meu clube mais que nunca. Eleonor tinha razão e não abro nem "prum" trem, viu?

27 de novembro de 2014

Para redimir

Derrotas, frustrações, contusões em séries, chinelinho, corpo mole, com raras exceções, foi a tônica deste campeonato da Série B. Apenas e tão somente nossa torcida não decepcionou. Reclamou, apontou culpados, pediu cabeças, fez zoada, mas em tempo algum abandonou o barco vermelho. Sábado, último jogo, o da queda ou permanência, uma excelente oportunidade para o time redimir de tantas decepções. O momento para retribuir àqueles que sempre estiveram juntos. A oportunidade para mostrar que são dignos de vestir nossa camisa e defender nosso escudo. Sejam homens, senhores atletas! Honrem seus nomes, sua família e nossa nação americana! Pra redimir, né?

26 de novembro de 2014

SÓ PARA REFORÇAR






O Paraná já não tem mais aspirações neste campeonato e jogará desfalcado. Vamos com o que temos de melhor (na linha ou no banco). Nossos atletas sabem que podem vencer e só depende deles a permanência na série B de 2014. Além disso, eles nos devem essa vitória. Continuo achando que abrir o jogo é baixaria da pior espécie (não acredito que isso aconteça). E antes que eu me esqueça, apesar de tudo, não torcerei pelo time das letrinhas miúdas. Vai contra minha natureza.

24 de novembro de 2014

Essa é pra arrepiar

Dr. Esaú Magalhães Filho. abecedista torcendo pelo futebol do RN.
Jogo contra o Náutico levei um grande amigo abecedista comigo - Dr. Esaú Magalhães Filho. Havíamos pela manhã conversado sobre a construção do nosso estádio, das dificuldades, da força que move nossa luta e de algumas decepções. Falei do muro recém concluído com todos os blocos de cimento doados pelo torcedor e do próximo desafio que seria conseguir os portões para a arena. Num determinado momento, ele começou a falar do seu pai, mesmo nome seu, americano roxo, coração generoso, cearense de Canindé, funcionário do BB por 38 anos e assíduo frequentador do JL numa espécie de cadeira cativa. Falou de sua sabedoria e eterna vigilância para que seus filhos nunca torcessem contra times do RN. Por causa disso, em seu nome e memória, estaria doando o primeiro portão da Arena América.  Uma bela homenagem ao seu pai, um gesto para arrepiar qualquer pele vermelha, né?

23 de novembro de 2014

VOU FAZER APENAS UMAS DEZ PERGUNTINHAS

Foi publicada hoje em jornal de Natal matéria falando de um tal "ressentimento que torcedores e membros da diretoria do abc alimentam contra o comportamento de alguns conselheiros do América, a quem acusam de ter oferecido dinheiro a várias equipes para prejudicar o alvinegro, inclusive no tempo em que o ABC estava na série C e o América disputando a série B (http://tribunadonorte.com.br/noticia/ama-rica-depende-apenas-do-pra-prio-desempenho/299171) 

Peraí! Isso é uma séria acusação (devidamente protegida pelo clássico "dizem", "acusam", "falam") que não pode ficar sem esclarecimento. Que partida foi essa? Quem pagou? Quanto foi pago? Quem está alimentando o quê, caro repórter? Claro que para o torcedor, legítimo apaixonado do futebol, o melhor é que o rival fique na pior situação possível. Mas torcedor é diferente: no calor da partida xinga, diz coisas que não costuma dizer fora do estádio, faz gestos, ameaça... Outra coisa é o profissional que atua e interfere diretamente nos resultados dos jogos e nos rumos desse esporte. Que credenciais morais tem um atleta que entrega a partida? Somália e Daniel Amora até pouco tempo eram atletas do América. Estariam onde estão se tivessem tido no passado esse tipo de comportamento contra o atual clube? E o que dizer do dirigente que manda entregar a partida? Como é melhor ser lembrado mais tarde: como aquele que fez corpo mole e prejudicou o rival ou como o que, apesar das pressões dos apaixonados torcedores, cumpriu seu papel com dignidade, profissionalismo e correção? Com que cara é melhor chegar em casa após terminado o campeonato? Conforme disse o jornalista Fernando Amaral em seu blog a respeito desse mesmo assunto: "Nada estará em jogo em termos de classificação... Mas algo muito maior será posto à prova... A dignidade de um clube prestes a completar cem anos de existência... Se o América tiver que cair, que caia enrolado nos próprios erros e não em função de nenhuma falha de caráter."
Pois é: o América não quer favor nem ajuda de ninguém para sair da situação que ele mesmo se colocou e que tem que resolver com a própria força que lhe resta. Mas não deveria ficar alheio aos venenos que estão sendo destilados por aí a troco não sei de quê. O torcedor por sua vez, amparado em seu Estatuto, quer apenas ter seu direito assegurado de que não está sendo feito de bobo e idiota ao pagar ingresso para ver o seu clube jogar e torcer pela disputa limpa dentro de campo.
Mas estamos falando de algo bem maior do que a letra fria da lei.

22 de novembro de 2014

BOA 1 X 0 OESTE. CADA VEZ MAIS DEPENDE DE NÓS

O Oeste estaciona nos 45 pontos e joga a última partida contra o Joinville que, sendo hoje o primeiro colocado com 70 pontos, só precisa de um empate para ser campeão da série B. Mas se o Mecão vence o Paraná, o Oeste não pode nem empatar com o Joinville, pois iguala em 46 pontos conosco e perde nos critérios de desempate. Sendo assim, o bczim pode exercer o seu direito de ser timinho, abrir para o Bragantino, levar uma goleada, que não "inflói nem contribói". Só precisamos vencer sábado que vem. Fácil? Não. Impossível? NÃÃÃO!

15.592 TORCEDORES

Agora dependemos apenas de nós mesmos. Quer dizer, isso se o abcdefg não perder para o Bragantino por 7 x 0, no campo de treinos de Pium, resultado absolutamente normal, mas improvável, já que 7 é conta de mentiroso e isso pode dá na vista. E o Oeste agora está também em posição bastante delicada. Enfim, as coisas melhoraram um pouco para nós, mas não haverá final feliz se nossa equipe não for a Curitiba com toda a garra que lhe faltou em pelo menos trinta dos jogos anteriores.
A torcida do Mecão é o show a parte em 2014. Hoje, 15.592 torcedores estiveram presentes no Arena das Dunas acreditando em um time que não fez boa campanha e em sério risco de rebaixamento. Essa torcida merece toda a reverência. Mais que isso: merece a série B do ano que vem. Isso ninguém tem a menor dúvida.

Que torcida maravilhosa!

Foi para arrepiar hoje no Dunão. A torcida unida, cantando e empurrando nosso time à vitória. Uma festa, um jogo épico com o sofrimento habitual, mas uma vitória para lavar e enxaguar a alma - 1x0 com gosto de goleada. Para completar, recebo de Marcos Formiga (colaborador de primeira linha), lá mesmo no estádio, essa bandeira do América Futebol Clube especialmente confeccionada para ser hasteada no nossa Arena América no dia de sua inauguração. Pra arrepiar, né?

21 de novembro de 2014

REMÉDIO PARA MALA (OU, SOBRE MALAS E FUTRICAS)


Alguns times chegam a essa fase do Campeonato Brasileiro, tanto da Série A como da B,  sem mais nenhuma ameaça ou pretensão. Antecipam férias, dispensam atletas, relaxam. Faltando uma, duas, três ou até mais rodadas, o campeonato deixa de ser interessante para eles e passa a ser perigoso para os demais. Por que a CBF, tão rica e abastada, não institui, além da cota anual que dá aos clubes, um prêmio por vitória? Com certeza dificultaria um pouco a prática das futricas e das famosas malas brancas e pretas de que tanto se fala - mas ninguém nunca viu. Modelo parecido já existe na Copa do Brasil, onde os clubes e atletas certamente lutam para progredir na competição, mas também ficam de olho grande para receber o prêmio em dinheiro por passar de fase.

20 de novembro de 2014

REUNIÃO ARENA AMÉRICA

Apesar do número reduzido de adquirentes de cadeiras e camarotes, reflexo da campanha do time, tivemos uma boa reunião ontem à noite. Prestou-se conta e discutiu-se planos e metas para 2015. Uma boa reunião. Agradecemos a confiança e participação de todos. Entre outras coisas liberamos mais dois lugares em cada camarote a serem adquiridos opcionalmente, iniciaremos a campanha para confecção dos portões - aceitando patrocinadores para tal - e sugerimos o adiantamento das anuidades do próximo ano para fazer caixa. Por fim, reafirmamos nosso compromisso inabalável de seguir com a obra que, se Deus quiser, será inaugurada no ano do centenário do clube. Só depende de nós, né?

19 de novembro de 2014

Pois é, né?

Ele, tão contestado por alguns está fazendo os gols necessários... Daniel Costa o homem da bola parada, da bola em movimento, da bola bem lançada, da bola do gol, né?

DE NOVO, HEIN, DANIEL?


18 de novembro de 2014

O jogo do ano

Certamente muitos jogos deste campeonato poderiam assim ser chamado, ocorre, no entanto, que agora contra a Ponte Preta não há mais margem de manobra - é vencer ou dá adeus. Pediria aos senhores atletas, no mínimo, respeito à nação de peles vermelhas e à história e tradição do nosso querido América futebol Clube. Honrem, suem a camisa, vendam caro cada centímetro do campo, deputem a bola como se fosse a última, sejam guerreiros! Se não for pedir muito, né?

16 de novembro de 2014

AMÉRICA X NÁUTICO. É HORA DE FAZER OUTRA CONTA




QUEM DÁ MAIS LUCRO (OU MAIS PREJUÍZO): O ARENA DAS DUNAS COM 10.000 TORCEDORES OU O NAZARENÃO COM 5.000?
QUEM AJUDA MAIS AO AMÉRICA?
QUEM PRESSIONA MAIS O ADVERSÁRIO?
O QUE VALE MAIS AGORA: A RENDA OU A PRESSÃO?

GOL DE CRAQUE, HEIN?


Apesar de outro péssimo resultado na rodada (Bragantino 2 x 1 Santa Cruz), hoje foi para rir. Com direito a dois gols marcados e 2.985 outros desperdiçados, um juiz infeliz, um fim de partida com apenas 9 jogadores, uma pipoca (Boku's) a preço normal, um estacionamento a R$ 3,00 muito bem organizado e administrado pelos flanelinhas de Goianinha, um ar rarefeito fazendo mal ao adversário e uma chancezinha de se manter na Série B do ano que vem.

14 de novembro de 2014

É PARA RIR OU PARA CHORAR?

 
Várias vezes neste campeonato, os resultados das outras partidas nos ajudaram e nós insistimos em desperdiçar a oportunidade para subir na tabela. Hoje, na reta final, o resultado foi PÉSSIMO: Vila Nova 0 x 1 Oeste. Agora é torcer para o Bragantino perder do Santa Cruz para sairmos, pelo menos nessa rodada, da zona em que NOS COLOCARAM. Uma maravilha de campanha. É para chorar mesmo.

13 de novembro de 2014

MALAS PRONTAS


Passaporte novo, Visto renovado, carro abastecido, pneus calibrados. Tudo pronto para ir a Goianinha neste sábado ao encontro do ar rarefeito que tão bem faz ao Mecão. A esperança é dura na queda. O torcedor e a torcedora são incansáveis, apaixonados e às vezes irracionais mesmo. Até o antipático "Ah, eu acreditoooo!" já está devidamente ensaiado e na ponta da língua. Falta o quê? A vitória. De preferência com convencimento e gosto de quero mais. Só isso.

12 de novembro de 2014

Abandonar jamais

Chateados com a campanha sim, ansiosos em ver nossa Arena inaugurada sim, reclamar maior agilidade na construção sim, tudo isso é válido e justo. Comungamos com os mesmos sentimentos, embora algumas decisões transcendam nossos próprios esforços. Agora, dizer que está fora, que abandonará o Mecão, com todo respeito, não! Nunca abandonaremos o Mecão! Abandonar jamais, né?

10 de novembro de 2014

ARENA AMÉRICA




Enquanto o time claudica e nos preocupa, a construção da Arena América continua irreversível a avançar. Sábado passado estive fotografando no Abílio Medeiros, ainda muitas peças a serem montadas, mas o guindaste nesses dias tem colocado paulatinamente cada peça no seu derradeiro lugar. Vejam a evolução. Muito menos que gostaríamos, muito mais que alguns pensavam ou torciam... Nesta próxima semana estará sendo agendada uma reunião com os adquirentes de cadeiras e camarotes onde será feito a prestação de contas e o planejamento para o ano do centenário. Importantíssimo a presença de todos, imprescindível a participação de cada um. Juntos estamos escrevendo a história do América Futebol Clube, né?

PADRÃO FIFA? NEM DE LONGE!

Enquanto o Icasa não vem,  não dá para deixar de falar sobre o grande mico que é o estacionamento do Arena das Dunas. Espaço padrão FIFA, iluminação padrão FIFA, vaga para idosos e portadores de necessidades especiais padrão FIFA. O problema é que a chegada nesse "paraíso" não tem nada de padrão FIFA. Pelo contrário: com licença da palavra, é uma porcaria! Funcionários anotando placa de carro e procurando troco para o nada barato preço cobrado. O que sobra é engarrafamento, dificuldade, irritação, demora para entrar e para sair, tumulto nas catracas de entrada, chegada ao evento atrasado, perturbação do trânsito na Prudente de Morais. Qualquer estacionamento que se preze tem cancelas e emissão de tickets para serem pagos mais tarde. No Arena poderia ser assim, com o pagamento realizado durante as mais de duas horas em que a praça fica aberta, em guichês próprios ou nos próprios (inúmeros) guichês dos bares que lá existem. O que houve, então? Atraso? Faltou dinheiro para a conclusão da obra? Ou o estacionamento não foi previsto no orçamento? Quem é o responsável e quem está interessado de resolver o problema? Do jeito que está é que não dá para ficar. Se for para prestar um serviço tão ruim, melhor então reduzir o preço para três reais. Ou dois. É mais justo.

9 de novembro de 2014

DNA DE TOCO

Que o América vive uma crise com a possibilidade real de queda é fato. Que a culpa da pífia participação nesta Série B pode ser debitada na conta do presidente Gustavo Carvalho, sua diretoria e atletas ninguém pode discordar. Que a torcida americana é a única isenta de culpa do iminente desastre isto é líquido e certo. Agora, que a crítica sistemática a Gustavo advinda de um setor da "isenta" tem cheiro de revanchismo e DNA de TOCO alguém duvida? Duvida não, né?

8 de novembro de 2014

TORCIDA AMERICANA: A ÚNICA QUE ESTÁ DE PARABÉNS

Não foi uma boa noite. Nossos melhores jogadores (Pimpão e Arthur Maia) não estiveram bem e a zaga esteve horrível. O treinador errou ao escalar um meia que nunca fez uma boa partida pelo América. E errou ao não substituí-lo logo, quando mais uma vez não vinha bem. Estamos sendo deixados à beira do abismo da série C no ano do centenário do clube. Mas ainda tem alguns jogos. Estarei no Nazarenão no sábado. Não importa o jogo de ontem nem as cagadas de até ontem. A torcida comparece, a torcida é presente, a torcida não tem outros interesses a não ser a vitória do time e a boa colocação no campeonato. É a única a sofrer, a ser motivo de piadas e a se envergonhar dos vexames de todos os outros.

P.S. E ainda criticaram meu azedume. Vejam só.

AMARGO QUE SÓ JILÓ

Triste noite de sexta-feira. A torcida compareceu, mas nossos atletas, aqueles que não querem treinar mais no CT para não estragar suas cutículas, mais uma vez nos decepcionaram e assistiram novamente um time visitante passear no Dunão. Uma pena. Sobra pose, discursos e desculpas, falta futebol... Amargo que só jiló, né?

7 de novembro de 2014

DOCE COMO UMA PEDRA DE AÇÚCAR

Vou ao Dunão hoje, acredito na vitória do Mecão, acredito na torcida e nos nossos guerreiros. Um pele vermelha não foge à luta, não desiste nunca, estarei ao lado do Dragão em qualquer situação. Doce como uma pedra de açúcar, né?

3 de novembro de 2014

QUERENDO SER AZEDO MESMO



Ganhando as próximas duas partidas, ainda ficamos com míseros 42 pontos, perigosamente próximo da zona do Cebaixamento e provavelmente ainda atrás do time enlutado. A torcida tem que ir em peso aos jogos, mas ela é apenas o 12º jogador. Os outros onze têm que cumprir seu papel bem direitinho, o que ultimamente tem acontecido uma partida sim e dez não. Não custa lembrar que quase quarenta mil torcedores não evitaram que o Santa Cruz perdesse do América no sábado passado. Mesmo assim, vou ao Arena sexta. O meu papel eu sei qual é.

1 de novembro de 2014

Houston, Max solved the problem

Pois é... Max, o poste para alguns, o pedra para outros, o decisivo para maioria da torcida americana. Mecão foi, viu, matou a cobra coral, mostrou o pau e venceu com gol dele, o predestinado, Max Brendo. É pau, é pedra, não é o fim do caminho, Max solved the problem, né Houston?

29 de outubro de 2014

Houston, we have a problem

Quando um grupo de apaixonados americanos decidiram construir a Arena do Dragão, foram chamados de visionários, tiveram oposição nas próprias trincheiras rubras, não faltou quem colocasse catinga... Lembro que num editorial falei que independente das Dunas e de qualquer outra coisa precisávamos de uma casa para chamar de nossa, conhecer cada centímetro daquele solo, saber seu atalhos e, principalmente, não ficar refém de humores alheios à nossa história. Pois bem Houston, we have a problem - a Arena das Dunas priorizou outro evento no dia do jogo nosso contra o Icasa (tudo legal e conforme contrato assinado à época), ficamos a ver navio e não temos o direito nem de reclamar. A Arena América segue, apesar de todas as dificuldades, no seu caminho para a realização do sonho que é de todos nós. Bem mais lento que todos gostaríamos, é verdade, mas tudo de acordo com o fluxo de caixa e sem dever um tostão a ninguém. Concluímos o muro, as doações de cimento não param de chegar (hoje já temos computado 653 sacos). Semana passada contratamos a implementação do mais moderno sistema de irrigação que existe no Brasil, a grama comprada e paga ouvindo a conversa para ser reimplantada no seu definitivo lugar. A expectativa de inaugurarmos, a primeira etapa, no ano do centenário é real e necessária. Temos um problema? Temos sim, mas logo será resolvido, né Houston?

RESULTADOS DA RODADA

Oeste 3 x 0 Portuguesa (péssimo!)
Luverdense 3 x 1 Avaí
Joinville 1 x 0 Bragantino
OLIVEIRA CANINDÉ 5 x 1 Vila Nova

27 de outubro de 2014

Amor maior que a razão

Depois das eleições que polarizaram o país voltamos à triste realidade do Mecão. Situação dificílima, não impossível, para nosso Dragão. A ameaça de queda iminente nos preocupa e entristece, temos pouca massa de manobra, o tempo perdido não volta e resta torcer que nossos atletas encontrem a força de superação e nos tirem dessa situação que eles próprios nos colocaram. Não desisto, não entrego os pontos, ainda acredito! Meu amor pelo América Futebol Clube é maior que a razão, né?

26 de outubro de 2014

CRB, MOGI MIRIM, MACAÉ E PAYSANDU

ATENÇÃO ATLETAS, COMISSÃO TÉCNICA E DIRETORIA:

Espero encontrá-los na Série B do ano que vem.

25 de outubro de 2014

RECUSO-ME A FALAR DE COMIDA ASIÁTICA NOVAMENTE.

24 de outubro de 2014

Sou mais Dragão

Hoje no confronto dos Américas, acredito que, se tivermos a mesma pegada do jogo contra o Vasco, arrancaremos os três pontos e manteremos viva a esperança de permanência na Série B. Eu acredito no MECÃO. Sou mais Dragão, né?

22 de outubro de 2014

Perdeu, foi?


Depois de saborear um bom bacalhau a Vasco da Gama, de sobremesa, assisti o duelo do elefante com o coelho lá em Joinville. Fora, viram e perderam, né? Três ovos nas redes e o choro livre da região ribeirinha. Fica assim não, estive ausente por motivos alheios à minha vontade, mas volto para me redimir oferecendo música para meus amigos mais sofridos. Três ovos, né?

21 de outubro de 2014

A CARA DO JOGO

Rodrigo Pimpão gol América-RN x Vasco (Foto: Nuno Guimarães / Ag. Estado)

Fui, vi e venci

Com um toque do Bob de cá; com a torcida do Mecão acreditando e incentivando do princípio ao fim; com a garra, suor e doação de cada um dos atletas; com o futebol para encher os olhos de Judson e o début de Alekito - jogador indicado pelo conselheiro Valmir; o Mecão, o time do Dragão que nunca deixei de acreditar, botou o Vasquinho do meu grande amigo Fernando Amaral na roda. Fez 2x0 chupando laranja e mantém viva a esperança minha, sua e de quem mais quiser chegar, viu? Fui, vi e venci, né? 

Estaremos lá

Hoje no Dunão, 18:30 horas tem América x Vasco. Estaremos lá torcendo, embora todas as dificuldades. Pelo visto, o Bob de cá já identificou e isolou do balaio as maçãs podres. Agora só joga quem estiver comprometido com a causa do Dragão, agora independente de resultado teremos garra e suor em campo. Se eu ainda acredito? Óbvio que acredito, né?

19 de outubro de 2014

TOFU - o retorno

Seguindo ainda na culinária asiática, o tofu pode ser oferecido nos mercados chineses - também conhecidas por 市場 ou luverdense - diretamente para pequenos times de futebol da colônia de Pium. Neste caso, quando o tofu é vendido em maior quantidade, seu coletivo é chamado pelo nome de 所以性交過 ou, simplesmente, tãofú. Tãofú também, no?

18 de outubro de 2014

TOFÚ


Tofú (em japonês: 豆腐, tōfu) é um alimento produzido a partir da soja. Tem uma textura firme parecida com a do queijo, sabor delicado, cor branca cremosa e apresenta-se sob a forma de um cubo branco. É originário da China, mas muito comum também na alimentação japonesa e coreana... E no futebol brasileiro. O plural de Tofú deve ser Tamo-fú.