17 de março de 2019

O horóscopo do Neném Big Head

No horóscopo chinês os animais ditam as regras. Tem porco, rato e muitos outros bichinhos. Liguei hoje, fazia tempo que não falava com ele, para o querido e indefecável filósofo Neném Big Head pra saber se aqui, no futebol das terras potiguares, havia algum horóscopo equivalente. Claro que sim, respondeu o cabeção. Aqui estamos há tempo (e bote tempo nisso) sob o signo da raposa. Aqui astros e animais estão em conjunção com o elefante e esse status quo provoca inexoravelmente num errinho aqui, uma infelicidade ali, uma  cegueira seletiva acolá e assim vai mais um título a caminho... Ontem essa ascendência tornou-se clara quanto nosso atacante na cara do gol, endireita o corpo pro chute e é empurrado sem que juiz ou o da bandeira acusassem a flagrante penalidade. Fazer o que se o horóscopo é quem dita as regras da vida, né?

16 de março de 2019

Mais gostoso

Pois é, quase no final do segundo tempo o América consegue tirar o dedo do suspiro e mete duas bilocas nas redes do Força e Luz que parecia “vitaminado” para enfrentar o Dragão. Transpiração e cãimbras marcaram nossos atletas que, se não foram uma Brastemp, pelo menos mostraram a vontade necessária à vitória. A torcida saiu feliz, esqueceu rápido a angústia inicial, afinal no sufoco é mais gostoso, né?

12 de março de 2019

SEGUNDOS QUE PODEM SIGNIFICAR VIDA OU MORTE


Resultado de imagem para ambulância no gramado
Aqui pode
Resultado de imagem para ambulância no gramado
Aqui também

Resultado de imagem para ambulância no gramado
Aqui, idem

Resultado de imagem para ambulância no gramado
Também aqui

MAS TEM CAMPINHO POR AÍ EM QUE A AMBULÂNCIA NÃO TEM COMO ENTRAR NO GRAMADO PARA FAZER O ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA AO ATLETA. E A IMPRENSA ISENTA NÃO DIZ NADA. FAZ QUE NÃO VÊ. ACEITA DESCULPA ESFARRAPADA.



11 de março de 2019

O gramado vai bem, obrigado.

No jogo de domingo, no nó tático que o Moacyr Júnior aplicou no professor dos de preto, vimos aflitos o desespero de TODOS os jogadores (vermelho e preto) com o quadro do zagueiro Adriano Alves. No jogo de domingo, nos três a zero chupando laranjas, vimos a inexplicável demora da ambulância e o insano trajeto da viatura que, ao que parece, não podia trafegar sobre o gramado. Depois do jogo leio no Twitter do Dunão que nosso zagueiro está bem e que recuperou-se graças ao pronto atendimento médico que garantiu à saúde do atleta. Errado! O atleta, com a graça de Deus, recuperou-se porque o trauma apesar de feio careceu de gravidade, teve sim assistência dos médicos e, principalmente porque não dependeu da presteza de uma ambulância que preocupou-se mais com o estado do campo de jogo que qualquer outra coisa. Ah, ia esquecendo! O gramado vai bem obrigado, né?

10 de março de 2019

ÃO, ÃO, ÃO... ADALBERTO FOI DO MECÃO!

5 X 0 teria sido pouco (apesar do esforço do árbitro).

Engraçado ver os comentaristas da rádio indignados porque a ambulância do Arena demorou para chegar até Adriano Alves no momento da emergência médica. Não falam é que, se fosse lá naquele campo da estrada de Pium, a ambulância nunca chegaria. E os bombeiros teimam em dar o Habite-se (não seria Arrisque-se?) daquele troço. 

9 de março de 2019

ACORDANDO DA HIBERNAÇÃO

- Muito chato torcer por um time que não está jogando.

- Temos que virar a página do recesso forçado de 2018.

Todo ano é a mesma coisa. Começa a temporada com um time ruim por não ter dinheiro para contratar, para, depois de estar em situação crítica nas competições, conseguir os recursos e ir correr atrás do prejuízo. 

- Já está mais do que na hora de vencer o bczim aqui e lá fora também.

- Não se pode ficar falando em troca de técnico a cada cinco rodadas. O cara pega o time mal das pernas e tem que transformá-lo em seleção de uma hora para outra? Assim ninguém consegue resultado.

5 de março de 2019

Repassando os Ipsis Litteris do Canidé

Pois é...
Na balada do carnaval (leia-se no #fundodarede), repasso letra por letra  o informativo do Canidé Pereira América Fitebol Clube.


O técnico Moacir Júnior convocou 18 atletas para o jogo de quinta-feira (7), às 21h30, contra o Santos-SP, no Estádio Pacaembu, em São Paulo/SP, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. O jogo é único e em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. 

As baixas ficam por conta dos volantes Galiardo, Judson, Marquinhos e Gabriel Nunes, entregues ao Departamento Médico. Por outro lado, o comandante alvirrubro conta com as voltas do lateral Vinícius e do atacante Adriano Pardal, que não atuaram contra o Potiguar de Mossoró na última semana - pelo Campeonato Estadual - por estarem suspensos, além do meia-atacante Roger Gaúcho, recém-contratado.

RELACIONADOS:
GOLEIROS: Ewerton e Rafael Copetti;
ZAGUEIROS: Alison, Alisson Brand e Adriano Alves;
LATERAIS: Vinícius, Diego e Kaike;
VOLANTES: Jadson, Luisinho e Leandro Melo;
MEIAS: Adenilson, Hiltinho e Roger Gaúcho;
ATACANTES: Jean Patric, Adriano Pardal, Max e Murici.

📸Canindé Pereira/América FC

E tenho dito, né?