12 de março de 2020

Rezadeira

Um bom resultado o empate do Mecão lá no Rio Grande do Sul, não vi, mas informações falam que o time se portou muito bem em campo com mais uma vez nosso goleiro sendo o destaque. Se portou, mas não suportou no final a pressão adversária. A síndrome do finalzinho novamente? Sei não, acho que está na hora de contratar uma rezadeira, né?

9 de março de 2020

Oxigênio


Ontem o América conseguiu superar a pior das piores partidas do ano. Perdeu sonolento, mal organizado, talvez até mal escalado ( não entendo de táticas, mas a minha é contar sempre com os melhores ), sem nenhuma inspiração e, com raras excepções, com  jogadores indignos de usarem nossas camisas. Triste quando se ver tanto e bem intencionado esforço da direção não corresponder na prática, triste quando um planejamento meticulosamente  pensado começa a ruir sem explicação plausível, triste quando as nossas esperanças precisam de oxigênio, né?

6 de março de 2020

“Secano”

Ei, ei, a burrinha entrou pelo Cano, foi? Perdeu para o Vasco por 1x0 com gol de Cano. Agora a pergunta que não quer calar: ela levou cano ou entrou pelo cano? Sei não, mas que foi bom ficar secano, foi, né?

27 de fevereiro de 2020

Feijão

O América foi, viu, jogou o suficiente, empatou e trouxe na mala o valor da passagem de fase. Ficamos felizes, enfim não tivemos revés no finalzinho e, nos pênaltis, Éverton garantiu o feijão do mês, né?

23 de fevereiro de 2020

CBF MUDA REGRA DO FUTEBOL

Duração da partida será de 80 minutos a partir de agora.

Se não fosse fake, seria uma grande solução para nós.

22 de fevereiro de 2020

Síndrome do finalzinho

É teste pra cardíaco, mais uma partida que deixamos de ganhar ou conquistar algum objetivo nos minutos finais. Desta feita o time de Pernambuco “encontrou” um pênalti bem marcado nos finalmente. É ruim pra todos nós, seja diretoria, elenco ou torcida - lembram que estamos no mesmo barco? Não gosto do jargão futebolez que agora é levantar a cabeça e trabalhar. Precisamos mais que isso, precisamos vitória, resultados favoráveis que modifiquem este status quo, precisamos tratamento e cura desta síndrome do finalzinho, né?

20 de fevereiro de 2020

SEM PERDER A ESPERANÇA, MAS...

Foi decepcionante.
O tempo ruim foi um presságio para a má (corrigido) noite que nosso time nos proporcionou.
Agora vamos correr atrás do prejuízo, com obrigação de ganhar o segundo turno para pensar no bicampeonato.
O Bob disse que ia falar com a diretoria porque não estava conseguindo treinar. Ou ele quer aumentar as horas do dia para 36 ou 48h ou quer mudar o calendário da CBF.
Mei difíce.