20 de maio de 2018

Pausa para chorar

Hoje saio da brincadeira e do futebol para chorar a perda do xerife Maurílio Pinto. Se não transmito a mesma emoção tão bem expressada na excelente crônica de Rubens Lemos Filho, minha saudade não é menor que a dele e de todos que em sua época sentiam-se seguros e protegidos no RN. Que siga em paz grande herói, que seus críticos mordam a língua e provem do próprio veneno, né?

TAC, TAC, TAC

É tanto TAC* que tem time aí que daqui a pouco vai precisar de um Departamento Especializado em TAC.


(*) TAC: O termo de ajustamento de conduta é um acordo que o Ministério Público celebra com o violador de determinado direito coletivo. Este instrumento tem a finalidade de impedir a continuidade da situação de ilegalidade, reparar o dano ao direito coletivo e evitar a ação judicial.

http://www.transparencia.mpf.mp.br/conteudo/atividade-fim/termos-de-ajustamento-de-conduta



Uma dúvida: 3 X 0 é Goleada ou Chocolate?

Carcará

Pega, mata e come a burrinha, né?

19 de maio de 2018

Dois milhões de ambulâncias

Dois milhões, né?
Embora o título enigmático, devo dizer que os dois milhões de acessos enfim conseguido pelo blog nada tem a ver com as ambulâncias que insistem em não entrar no campo de Pium. Vejo no lá de baixo que mais uma vez se subestima as exigências dos escudeiros do fogo substituindo o imprescidível por um TAC com o MP. Paciência... Espero de todo coração que nada de mal ocorra, mas nada melhor que comemorar os 2.000.000 do Mecão Voz e Vez alfinetando a burra preta, né?

18 de maio de 2018

Maré de vazante

Nesta segunda os meninos da Matta darão o passo decisivo para à próxima fase. Acho que temos condições de vencer o adversário e que, apesar das opiniões contrárias, o time já começa a dá liga. Já passa da hora da maré de vazante começar a mudar, né?

17 de maio de 2018

CNTPs

Se não bastasse as notícias diárias de escândalos e corrupção na política nacional, agora vejo investigação de subornos e propina na arbitragem da Paraíba e, até, Arábia Saudita. Ufa! Graças aos deuses do futebol por aqui não se escuta nada além de uma infelicidade aqui ou acolá, mas com a garantia dos entendidos que está tudo nas CNTPs, né?

PS. CNTPs - Condições Normais de temperatura e pressão.

14 de maio de 2018

GESTOS DEBOCHADOS?!

Resultado de imagem para DÚVIDA

Segundo a súmula do soprador de apito do jogo de domingo passado, o atacante Flávio Carioca foi expulso por ter feito "gestos debochados" para o adversário após a marcação de seu gol. Muito bem. E o que essa sumidade da arbitragem ou seus auxiliares de assopramento acham que foram os gestos feitos pelo goleiro do time do Belo Jardim, quando a torcida começou a vaiá-lo? Não viram ou fizeram que não viram? Dois pesos? Engraçado que a imprensa especializada enquanto esquecia a goleada americana e atacava nosso treinador, enaltecia a atuação do soprador de apito. Entendido. Não precisa explicar.

13 de maio de 2018

De Big Head a Voltaire

América vence por  4x2, é líder do grupo e o pessoal lá de baixo, nos comentários finais, esquece o jogo e detona o técnico. Indignado, recebo telefonema do filósofo cabeça - Neném Big Head - que faz dele as palavras do seu amigo francês, Voltaire, para explicar o comportamento ribeirinho.

"Os homens erram, os grandes homens confessam que erraram e os pequenos metem o pau em Ney da Matta" 

Sei não, quem sou eu para discordar de dois filósofos da mais alta estirpe, né?

4 de maio de 2018

A razão mais verdadeira

Sobre o tão falado debate da Rádio Satélite FM 87,9 onde vísceras desnecessariamente foram expostas de lado a lado, devo dizer que ouvi com tristeza e senti pelos debatedores. Melhor seria se antes tivessem lido o grande poeta italiano Eugênio Montale que em toda sua sabedoria escreveu:

Vós, palavras, traís em vão o ataque / secreto, o vento que sopra no coração. / A razão mais verdadeira é de quem cala, né?

1 de maio de 2018

Kiara Irina

Sinto muito. Sinto de verdade por aqueles que, numa quebra-de-braço com a diretoria, ficaram em casa ou na rua num protesto por ingressos mais baratos e perderam uma vitória emocionante para lavar e enxaguar a alma de quantos estiveram no Dunão. Fui, sofri, vibrei e sorri após o gol nos finalmente. Fiquei mais emocionado ainda ao chegar nos arredores do meu apto e ver minha Kiara Irina devidamente paramentada para me receber e dizer que sempre estaremos ao lado do Mecão. Fazer o que, né?

P.S. Agradeço à Juliana, avó de Jimmy, pelo presente e bela surpresa do manto sagrado doado à minha Kiara Irina. Americana de carteirinha, viu?

Público 1000

Sim, essa é minha campanha como torcedor do América Futebol Clube. Respeitando o contraditório, não entendo torcedor lutando pelo quanto pior/melhor. Vou sim ao Arenão, vou sim sempre está ao lado do clube que amo, pois nadar contra o Mecão deixo para os de preto, né?