28 de junho de 2016

O guizo

Impressionante a tara de alguns. Pasmoso e doentio o afã de formadores-lobistas em sentar a pua em Beto Santos e sua diretoria de futebol. Alguma surpresa nisso? Nenhuma, futebol sempre foi assim e o que vem lá de baixo... é mais que previsível, não? Chegam a dividir a execração em atos num meticuloso trabalho que só Deus sabe a troco (não falei TOCO, viu?) do que para tanto empenho. Enumeram erros, avivam os reveses e, com requinte da peculiar  maldade, debitam total culpa do insucesso à inexperiência. Esqueceram que  o quartel americano dantes já capitulou apesar do notório saber dos Abrantes? Que o vil metal que corrompe as virgens na pureza e outras figurinhas carimbadas também é imprescindível à qualificação da tropa? Que não basta a expertise se apenas uns poucos se dispõem a colocar o guizo no pescoço do gato? Que é infinitamente mais fácil falar que executar? Que não existe fórmula mágica no futebol quando o dinheiro escasseia? Sei não... Melhor calar, né?

27 de junho de 2016

Onde andarás?

Não, não me refiro à música de Caetano Veloso. Pergunto pelo MP e demais diligentes defensores dos direitos dos consumidores do RN. Onde ficou a indignação de alguns pelos preços praticados no jogo entre Flamengo e Fluminense no Das Dunas? Por que foi permitido preços setorialmente diferenciados, como os praticados neste domingo? Por que as "entidades" não entenderam como prática abusiva essa conduta? Será que as cores justificam os meios? Longe de mim pensar que paixões clubisticas possam interferir nos pesos e nas medidas de nossa augusta defensoria... Deve ter sido esquecimento, né?

26 de junho de 2016

Mutatis mutandis

O time não se impõe, não ganha? O China não conseguiu estabelecer sua filosofia de trabalho? Mutatis mutandis! - Mudando-se o que deve ser mudado! Já estão aí os novos escolhidos, já está aí o novo técnico. Agora é falar pouco e produzir mais para recuperar os pontos e o tempo perdido porque ainda não se pôs o sol de todos os dias, né Seu Francisco?

20 de junho de 2016

Triste

Fraca, muito fraca, fraquíssima apresentação do América ontem contra o time de Arapiraca. Amontoado de jogadores que por falta de força, capacidade técnica, esquema tático ou vontade assistia o limitado time adversário cantar de galo e ditar o ritmo ao Dragão. Triste ver o nosso América, antes aguerrido, fazer água diante uma marolinha, triste saber que apesar de tantos sacrifícios pessoais - isso sou testemunha - não há nenhuma correspondência dentro das quatro linhas, triste aceitar que ontem perdemos uma excelente oportunidade de nos firmarmos porque simplesmente jogamos abaixo da crítica, né?

19 de junho de 2016

LÓGICA NON SENSE

 Resultado de imagem para eu só queria entender
"Jogar em casa é mais difícil." Então, jogar fora de casa é mais, mais, mais difícil?

"Só quem pode mudar são os jogadores." E prá que serve o treinador?


"Não vou colocar um jogador novato porque ele pode ficar queimado". Em três minutos!? Era mais fácil ele sair dali como um herói.

Agora "é nóis"

Depois do sono do leão alencarino ontem, hoje é nossa vez entrar em campo e mostrar que no Das Dunas quem canta de galo é o Dragão. Vamos fazer nossa parte e voltar pro G4, vamos mandar os "indesejáveis" para a parte da rabeira da tabela. Agora "é nóis", né?

RESPEITO UMA OVA!

 Resultado de imagem para PRÁ CIMA DELES MECÃO
Com todo respeito, mas respeito hoje à tarde uma ova! É entrar com moral, na condição de DONO DA CASA. É impor o seu jogo e esquecer o bom mocismo que já se mostrou desastroso para nós. É partir prá cima e liquidar o adversário. Afinal, time que apenas foge do rebaixamento não se chama AMÉRICA FUTEBOL CLUBE DE NATAL.

18 de junho de 2016

Vade retro!

Eu não ouvi, mas me contaram que o santo lá de baixo esclareceu ontem na resenha ribeirinha o motivo da fuga do jogador de lá. Tratou-se de um problema celestial. O pastor da igreja do jogador telefonou pra ele dizendo que havia recebido um recado de ninguém menos que Deus. O Criador o desaconselhara a ficar naquele ambiente. Diante disso num tem cristão que fique... Vade retro, né?

16 de junho de 2016


Deixa de conversa mole, ô Da Lâmpada!
GAME, GAMA, tanto faz... Fim da linha prá tu também.

As pérolas de ontem


"A desclassificação doeu em todos nós" - Geninho.

"A bem da verdade? Doeu nem um pouquinho, viu?" - Neném Big Head.

"O que mais me chamou a atenção pelo lado positivo foi a vontade dos jogadores do abc" - Pedro Neto.

"Sério?" - Neném Big Head.

15 de junho de 2016

A pergunta que não quer calar

O jogador de lá escafedeu-se, foi?
Quem didira, né?

Típico lá de baixo

Está lá no VP, Sérgio publicou e não comentou. Eu só li hoje após ligação do Big Head, que indignado pediu que eu postasse sua resposta. Concordei com Fraiman, nem carecia comentar, de qualquer forma, para não desgostar meu parceiro, apenas transcrevo um trechinho de sua missiva, viu?



Típico lá de baixo, né? - Neném Big Head.

14 de junho de 2016

Caciques, cardeais, guerreiros e coroinhas

Ontem, após inspeção de rotina nas obras da Arena América, participei de um grupo recém-formado de apoio ao futebol lá na sede da Rodrigues Alves. Todos, à minha exceção, com vasta experiência no mundo do futebol. Todos com enormes serviços prestado ao Dragão chegando para efetivamente ajudar o grupo que toca o futebol. Idéias e ações já em andamento, missões delegadas e assumidas de pronto sem pestaneio. Tudo isso num clima de cordialidade e desejo único de levar nosso clube à Série B. Dispensável aqui citar nomes, basta dizer que todos - caciques, cardeais, guerreiros e coroinhas - formam um só corpo e defendem um só escudo - o do América Futebol Clube, né?

13 de junho de 2016

Refazer as velas

Sem objetividade e mostrando as mesmas fragilidades vimos, através transmissão pela página do América FC no Facebook, nosso time perder a segunda partida consecutiva no campeonato da Série C. Queimamos toda gordura acumulada nas primeiras partidas e agora temos que recuperar nas duas próximas em casa. Ninguém, torcida e diretoria, tem dúvida que precisamos melhorar; ninguém desconhece as enormes dificuldades que atravessamos e que as soluções são para ontem; ninguém discorda que precisamos, mais do que nunca, da união de todos para vencer o desafio da terceirona. Então, vamos à luta, pois o bom timoneiro é aquele que refaz as velas e segue em frente, né?

12 de junho de 2016

11 de junho de 2016

ACELEEERAAAAA... RUBINHO, DIGO, GENINHO

Resultado de imagem para acelera rubinho
- Faltou confiança, foi?
- Não, sobrou Confiança.
- Não, empatou com o Confiança.

Complementando...

Já que estamos em época de lanches rápidos, vai um biscoitinho aí?
 

10 de junho de 2016

O doze

Ontem o América decidiu a final dos Sub-17 com as letrinhas. Nosso time mostrou que tem um futuro promissor, jogou com personalidade e encurralou o elefantinho que ficou todo o tempo com a bunda na parede. Um jogão de ataque contra defesa até que, pasmem, o "homi" do apito, numa daquelas infelicidades que só acontecem em desfavor da nossa agremiação, acha um pênalti e dá o campeonato a eles. Parabéns aos meninos de Álvaro Gouveia, infelizmente não deu para superar o doze adversário, né?

7 de junho de 2016

"ADEPOIS" DA BOLACHA

NÃO
SERÁ UMA BOLACHA
QUE VAI FAZER
 UM
PELE VERMELHA DEIXAR
DE
ACREDITAR OU
ABANDONAR O MECÃO
NÉ?

CREAM CRACKER COM DEEP BLUE

 
Após o apagão do primeiro tempo - aquilo não foi respeito, foi reverência! - mais uma vez, agora é "levantar a cabeça" e "partir para outra", porque "futebol é isso mesmo" (estou aprendendo).
Ainda estou fazendo uns cálculos avançados num supercomputador que aluguei à NASA para entender porque Thiago Potiguar só entrou no segundo tempo, porque a avenida da lateral esquerda demorou para ser percebida e porque nosso treinador não esteve o tempo todo à beira do campo cobrando e orientando nossos atletas. Mais alguns dias e o Deep Blue chegará aos resultados prováveis.
Enquanto isso, vamos tomando antiemético para curar a náusea que a bolacha famosa nos deu.
Tem nada não: no próximo jogo, estarei no Arena, da mesma forma.
Vai um lanchinho aí? Da Piraquê, de preferência.

6 de junho de 2016

ATÉ DAQUI A POUCO


NENHUM
OUTRO
COMPROMISSO
VAI
ME FAZER
DEIXAR 
DE
IR
AO
ARENA
HOJE
ÀS
20H.

VAMOS CONSOLIDAR NOSSA LIDERANÇA, MECÃO! 

5 de junho de 2016

A derrota e as pérolas

O campo era pequeno - Geninho.
Perdeu, foi? - Neném Big Head.

FUI RELACIONADO E ESTOU ESCALADO


Amanhã estarei com o América no Arena das Dunas.
A segunda-feira é um dia bom.
Oito da noite é um horário bom.
O Arena é um estádio de verdade para o futebol.
O América precisa da torcida.
Não sou de ficar em casa, vendo jogo do Mecão pela TV.

PÉROLA NEGRA PARA FECHAR O DOMINGO


Se não entendi errado, ouvi um tal vidente do futebol dizer que aquele gênio, técnico do Abarcelona tupiniquim de Pium, só não foi ainda campeão da Série C porque nunca treinou nenhum time da terceirona. Pelo jeito, segundo o vidente, já está sacramentado o campeão desse ano. Só falta o cara dizer agora os números da Mega Sena acumulada desta semana.

4 de junho de 2016

3 de junho de 2016

ALÔ IMPRENSA!

Só para tirar uma dúvida: esse aí foi ROUBO ou só infelicidade?


VAMOS SUBIR MECÃO


Vamos juntos, né?

2 de junho de 2016

ROUBO X INFELICIDADE

 

Vixe Maria, Santa Mãe de Deus! Nunca tinha visto tamanha raiva por conta de um pênalti mal marcado como a que vi em postagem da imprensa imparcial lá de baixo, ao se referir ao jogo de ontem do Gama. R-O-U-B-O? Deve ter sido o primeiro em toda história do futebol. Ou a primeira vez que envolveu um time potiguar. Até agora, pelo menos naqueles que aconteceram contra o América, a classificação que se via era apenas uma "decisão equivocada", "lance duvidoso", "infelicidade" do árbitro ou de seus comparsas, digo, auxiliares. Vá ser imparcial assim lá pras bandas da barreira dos infernos! Tenho nada com isso, mas que é cômico, isso é.

Só para não passar batido. Segunda-feira, 20h, Mecão x Fortaleza. Nova fase, novos ares (e aromas). Rumo à Série B. Vamos encher o Arena.